COMPORTAMENTO
21/09/2018 17:58 -03 | Atualizado 21/09/2018 17:58 -03

7 hábitos antes de dormir que podem arruinar sua vida sexual

2. Levar o celular para a cama.

eclipse_images / Getty Images

Em um mundo perfeito, seu quarto seria um lugar sagrado para você e seu parceiro.

Mas vivemos vidas ocupadas e nada perfeitas. Os e-mails de trabalho se acumulam e você os responde antes de adormecer, ou as crianças entram no quarto e pedem para dormir em sua cama e você não pode dizer não.

Interrupções acontecem, mas se você as deixar acontecer com muita frequência, isso pode prejudicar seu relacionamento. Abaixo, os terapeutas de casais compartilham 7 hábitos que devem ser repensados antes dormir, caso você queira manter a intimidade em seu quarto.

1. Ter conversas da burocracia da rotina na cama

Economize, para outra ocasião, aquelas conversas pouco informadas sobre quem está pagando a conta do telefone ou quem vai buscar seus parentes no aeroporto, disse Danielle Kepler, uma terapeuta em Chicago.

"Obviamente, os casais precisam discutir a logística do dia - alguém tem que pegar as crianças ou planejar o jantar para amanhã - mas não no quarto", disse ela. "Há algo sobre esse tipo de discussão que pode tirar a intimidade e o romance de uma sala."

2. Levar o celular para a cama

Quase 3/4 dos americanos que moram com o cônjuge ou parceiro levam o smartphone para a cama com eles, de acordo com uma pesquisa recente. Dos entrevistados, 35% disseram que sua vida sexual foi atingida por causa do uso de telefone na hora de dormir.

Não seja assim. A menos que você esteja procurando o celular antes de ficar ocupado, mantenha o telefone longe de sua cama, disse Alena Gerst, psicoterapeuta de Nova York.

"Quando você está no seu celular ou jogando, você fica tão imerso no seu mundo on-line, é como se a pessoa que compartilha sua cama não estivesse lá", ela disse. "Quando seu parceiro disser algo ou pedir sua atenção, você pode nem ouvi-lo ou pedir que espere porque está ocupado olhando para a tela. Isso definitivamente não encoraja a intimidade ".

3. Deixar as crianças ou o cachorro ficar na cama com você

Se você tem filhos pequenos, é inevitável que eles passem algumas noites em sua cama depois de um sonho assustador ou porque estão com um dengo fofinho. Deixe-os - eles são jovens por tanto tempo! - mas tente não fazer disso um hábito, disse Kurt Smith, um terapeuta especializado em aconselhar homens.

"Eu aconselhei homens que reclamaram que eles vêm para a cama e o parceiro está dormindo na cama com o filho e isso só muda a forma como eles se sentem em relação ao quarto - não é mais o quarto deles", disse ele. "Isso pode facilmente se tornar uma fonte de ressentimento, conflito e desconexão entre parceiros".

A mesma regra segue para pet também.

"Os clientes reclamaram do cheiro e da barreira física causada por um animal de estimação na cama", disse ele. "Se torna um problema se você está tendo dificuldades para ter uma boa noite de sono ou não se sente perto de seu parceiro porque o cachorro está na cama".

4. Permitir que o quarto fique bagunçado

Sabe aquela pilha de roupa suja, meias sujas e bolsas que ganhou vida própria no canto do seu quarto? Você teria muito mais chances de ter sorte se deixar tudo isso de lado.

"A desordem mata a intimidade", disse Smith. "Um homem estava me dizendo na semana passada que o quarto deles não é muito romântico ou intimista para ele por causa da quantidade de desordem. Ele admitiu que é parcialmente culpado por isso também.

5. Trabalhar no quarto

A primeira regra de manter um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal? Mantenha as exigências do seu trabalho fora do quarto. Se você realmente precisa responder a e-mails ou receber uma ligação após o expediente do seu chefe, faça-o em outra sala.

"Você quer associar sua cama e seu quarto com paz e romance, e não o estresse de fazer o trabalho", disse Kepler. "Faça você mesmo, seus hábitos de sono e seu parceiro um favor e mantenha o quarto em uma zona sem trabalho."

6. Deixar o quarto se tornar uma segunda sala de estar para a família

Não é incomum que a sala dos pais seja outra sala de TV na casa. É um espaço divertido, quase fora dos limites, então é claro que as crianças querem assistir a desenhos animados lá. Satisfaça-os um pouco, mas tente levar a diversão para a sala de estar, disse Smith.

"Vários cônjuges me disseram que amam seus filhos, mas odeiam perder o espaço privado em casa", disse ele. "O quarto principal também pode se tornar o salão de jogos das crianças, mas, se você valoriza sua intimidade, você realmente não deve permitir."

7. Assistir ou ler as notícias

O ciclo de notícias é implacável, mas, em nome do seu relacionamento, resista à vontade de ler o burburinho em torno do último tweet do presidente - pelo menos na cama.

"É natural querer deitar na cama e acompanhar as histórias do dia", disse Gerst. "O problema é que você deve estar voltando sua atenção para o seu tempo de silêncio e seu parceiro. As notícias do dia, especialmente nestes tempos turbulentos, podem ser perturbadoras e desencadear a sua resposta ao stress. "

Deixar a CNN ligada ou folhear o seu feed do Twitter "cria o efeito oposto do que você espera que aconteça quando você está passando a noite e desfrutando de proximidade com seu parceiro. Em última análise, você precisa colocar seu parceiro primeiro ".

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.