POLÍTICA
21/09/2018 01:01 -03 | Atualizado 21/09/2018 01:01 -03

Alvaro Dias parte para o ataque e chama Haddad de representante do caos

“O PT se especializou em distribuir a pobreza para todos e a riqueza para uns dos seus líderes, dos seus chefes”, disse Dias no debate da TV Aparecida.

Alvaro Dias, do Podemos, e Fernando Haddad, do PT, protagonizaram um dos principais embates do debate da TV Aparecida nesta quinta-feira (20).
Montagem/Reuters/GettyImages
Alvaro Dias, do Podemos, e Fernando Haddad, do PT, protagonizaram um dos principais embates do debate da TV Aparecida nesta quinta-feira (20).

O candidato do Podemos à Presidência da República, Alvaro Dias, voltou a encenar na noite desta quinta-feira (20), no Debate da TV Aparecida, um de seus principais papéis enquanto senador de oposição: o de enfrentamento ao PT.

Foi ter a oportunidade para se dirigir ao candidato do PT, Fernando Haddad, que participava de seu primeiro debate, para Alvaro Dias iniciar discurso contrário às gestões petistas, como costumava fazer quando filiado ao PSDB e líder do partido no Senado. Ele deixou a questão sobre propostas para família de lado e partiu para o ataque:

O PT se especializou em distribuir a pobreza para todos e a riqueza para uns dos seus líderes, dos seus chefes.

Alvaro Dias disse que o "blá-blá-blá de que retiraram da pobreza milhões de brasileiros é desmentido agora por essa realidade dramática das desigualdades sociais. A família brasileira, sobre qual você indaga, é vítima dessas desigualdades". Acrescentou que o discurso de Haddad é o da "da ficção, da geração de falsa expectativa, é o discurso da mentira".

Na réplica, Haddad contra-atacou: "O seu desconhecimento da realidade brasileira me chama muito atenção. (..) Você, Alvaro Dias, fica no seu gabinete no Senado e desconhece que esse [Brasil com políticas do governo Lula] é o País que as pessoas querem de volta". E Dias, na tréplica, voltou a disparar:

"Você desenhou agora o que eu disse antes. O PT é a crença na ignorância. A desinformação não é minha. A realidade cruel e dramática nos ensina que há milhões de brasileiros sofrendo em razão de um sistema corrupto e incompetente conduzido pelo PT nos últimos anos."

Em seguida, o candidato do Podemos foi selecionado para perguntar ao candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. Alvaro Dias, que já foi filiado ao mesmo partido de Alckmin, aproveitou para continuar a crítica aos petistas. Ele iniciou sua questão sobre proposta para acabar com o conluio entre governo e sistema financeiro afirmando que "nos últimos anos o PT transformou o País no paraíso dos bancos".

As reações a alfinetada de Dias foram das mais variadas, mas sobressaiu a de que o candidato foi para o debate focado.