POLÍTICA
19/09/2018 19:20 -03 | Atualizado 19/09/2018 19:23 -03

Em novo vídeo, Temer mira em João Doria: 'Desacelera'

Depois de Alckmin e Haddad, candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB vira alvo dos vídeos do presidente Michel Temer.

Montagem/Reuters/Reprodução/Facebook

Depois de pedir a verdade aos candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), o presidente Michel Temer (MDB) endereçou ao candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Doria, seu novo vídeo com o mesmo pedido. Temer aproveitou ainda para usar o slogan de Doria, "acelera", mas ao contrário.

Peço a você que não falte a verdade; desacelera.

Na gravação, Temer diz lamentar muito ter de fazê-la. "Quero registrar 3 pontos, o primeiro é que você tem usado a propaganda eleitoral, as inserções, para fazer críticas ao meu governo. Ou seja, você está se desmentindo porque ao longo do tempo você inúmeras elogiou o meu governo. E sobre tê-lo elogiado, João Doria, você se recorda bem, no brevíssimo tempo que ocupou a Prefeitura, pediu muito auxílio e nós demos."

Temer argumenta que Doria faz esforços para desassociar o presidente dos partidos que o apoiam. "Os partidos que te apoiam são os mesmos que apoiam o meu governo", reforça Temer.

Alckmin e Haddad

Entre a noite o dia 5 e a manhã do dia 6, Temer divulgou dois vídeos direcionados ao Alckmin. Nas gravações, ele exige que o tucano não ouça seus marqueteiros e "atenda apenas à verdade". Ainda no dia 6, ele divulgou um terceiro vídeo, mas para Fernando Haddad.