POLÍTICA
20/09/2018 00:12 -03 | Atualizado 20/09/2018 00:26 -03

Datafolha: Bolsonaro, 28%, Haddad, 16%, Ciro, 13%, Alckmin, 9%, e Marina, 7%

Pesquisa aponta que hoje Jair Bolsonaro e Fernando Haddad vão para o 2º turno.

Bolsonaro segue na liderança, Haddad em 2º, tecnicamente empatado com Ciro, Alckmin e Marina atrás.
Montagem/AFP/Getty Images
Bolsonaro segue na liderança, Haddad em 2º, tecnicamente empatado com Ciro, Alckmin e Marina atrás.

Pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta quinta-feira (20) mostra que, se a eleição fosse hoje, os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) iriam ao segundo turno.

Mesmo afastado da campanha nas ruas devido ao atentado que sofreu no início do mês, Bolsonaro avançou de 26%, na última pesquisa do dia 14, para 28% nesse levantamento realizado na terça-feira (18) e na quarta-feira (19).

O maior crescimento, entretanto, foi de Haddad: em menos de uma semana, ele saiu de 13% para 16%.

Assim, o petista abriu distância de Ciro Gomes (PDT), consolidado com 13%. Haddad e Ciro estão empatados tecnicamente.

Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) estão mais atrás, respectivamente com 9% e 7%.

A íntegra da pesquisa pode ser consultada aqui.

A seguir, estão os dados completos da pesquisa e a comparação com a última sondagem, entre parênteses:

Jair Bolsonaro (PSL): 28% (+2)

Fernando Haddad (PT): 16% (+3)

Ciro Gomes (PDT): 13% (=)

Geraldo Alckmin (PSDB):9% (=)

Marina Silva (Rede):7% (-1)

João Amoêdo (Novo): 3% (=)

Alvaro Dias (Podemos): 3% (=)

Henrique Meirelles (MDB): 2% (-1)

Vera Lucia (PSTU): 1% (=)

Guilherme Boulos (PSol): 1% (=)

Cabo Daciolo (Patriota), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram nessa pesquisa.

Votos brancos e nulos somam 12%; no levantamento anterior, eram 13%. Estão indecisos 5%; antes, eram 6%.

O Datafolha ouviu 8.601 eleitores em 323 municípios brasileiros.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%, e a margem de erro é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Essa pesquisa traz números semelhantes ao do Ibope divulgados na terça-feira (18).