COMIDA
17/09/2018 17:51 -03 | Atualizado 18/09/2018 11:40 -03

Homens têm vergonha de pedir prato vegetariano em público, diz estudo

Masculinidade frágil que diz, né?

Parece que a masculinidade frágil se deparou com mais uma barreira: homens têm vergonha de escolher um prato vegetariano em público, segundo um estudo realizado no Reino Unido. Isso porque, na visão deles, pedir uma salada não é tão masculino quanto um enorme pedaço de carne -- acredite!

Disappointed, but not surprised!

O resultado veio do projeto Man Food Project, criado por pesquisadores britânicos para explorar as pressões da sociedade e cultura em relação às escolhas alimentares.

No projeto, que durou um ano, os 22 homens entrevistados foram divididos em três categorias: homens que eram vegetarianos por razões ambientais, homens que buscavam ganhar massa muscular sem comer carne e homens que dependiam de doações de bancos de alimentos.

"Eles transmitiram experiências diferentes que indicavam vergonha, ou de vez em quando medo de conflito, quando saíam para comer em público ou na casa de alguém", disse a pesquisadora Dra. Emma Roe, professora da Universidade de Southampton, ao Munchies.

A maioria dos entrevistados também teve algum nível de "isolamento social" entre os amigos depois de admitir que reduziu ou cortou o consumo de carne.

"Comer animais tem sido uma característica fundamental da história da civilização humana", explicou Roe, acrescentando que a alimentação carnívora é mais associada aos homens do que as mulheres. "É uma demonstração de distinção entre sociedade e natureza. Assim, a associação de comer carne é mais forte para os homens do que para as mulheres."

Uma pesquisa feita pela Vegan Society em 2016 revelou que 63% dos veganos no Reino Unido são mulheres, enquanto apenas 37% são homens. De acordo com a pesquisa IBOPE, cerca de 14% da população brasileira se declara vegetariana. Nas regiões metropolitanas de São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro, o índice sobe para 16%.

"O que descobrimos deste experimento é que muitos homens estão interessados em diminuir seu consumo de carne, eles só precisam de uma permissão social para isso", ressaltou Dr. Emma Roe, ao Telegraph. "Cada vez mais homens optando por uma alimentação vegetariana ou vegana, esse estilo de vida se torna mais natural."