ENTRETENIMENTO
16/09/2018 15:07 -03 | Atualizado 17/09/2018 15:11 -03

'O Sétimo Guardião': O retorno de Aguinaldo Silva ao realismo fantástico com vilãs cheias de graça

Em entrevista ao HuffPost Brasil, novelista fala sobre sua rotina de trabalho, a tradição com vilãs e detalhes da próxima novela das 9 da Globo.

Aguinaldo Silva sobre rotina de um novelista: "você tem que escrever 45 páginas por dia".
Divulgação/Daniel Ruela
Aguinaldo Silva sobre rotina de um novelista: "você tem que escrever 45 páginas por dia".

O Sétimo Guardião, próxima novela das 9 da Rede Globo, marca o retorno de Aguinaldo Silva ao realismo fantástico. Isso significa que o autor de sucessos como Porto dos Milagres, Senhora do Destino e Império apresentará uma história repleta de mistérios e elementos ligados ao universo das superstições – todos presentes na trajetória do autor.

Estrelada por Marina Ruy Barbosa, Bruno Gagliasso,Antônio Calloni e grande elenco, o folhetim se passa em Serro Azul, cidade vizinha a Greeville, onde A Indomada (outra célebre novela de Aguinaldo) era ambientada. A trama gira em torno de uma imensa fonte de água com poderes mágicos, protegida por 7 guardiões.

Figuras comuns do povoado - como o prefeito, o delegado e a cafetina, por exemplo -, esses guardiões são escolhidos em um ritual secreto e convivem com regras: eles são substituídos a cada vez que um morre e não podem se apaixonar, pois sofrerão graves consequências.

O dia a dia dos sete guardiões é acompanhado de perto por um gato chamado Léon."Na verdade, o gato Léon já foi uma pessoa. Acredito que todo gato já foi uma pessoa e depois virou gato por alguma razão. No entanto, ele continua tendo uma personalidade humana", acredita Aguinaldo.

Em entrevista exclusiva o HuffPost Brasil, o autor de 75 anos revela o personagem é fruto de sua paixão por felinos. "Eu tirei Léon das lembranças dos três gatos que tive ao longo da minha vida."

Globo/João Cotta
Gabriel (Bruno Gagliasso) e Luz (Mariana Ruy Barbosa) vivem amor proibido em 'O Sétimo Guardião'.

As vilãs de O Sétimo Guardião

Quem acompanha a trajetória de Aguinaldo sabe que as novelas do autor também são lembradas pelas vilãs icônicas. Para citar três: Perpétua, de Tieta; Altiva, de A Indomada; e Nazaré, de Senhora do Destino, são na mesma medida amadas e odiadas pelo público.

Esse sucesso pode ser explicado pela construção dessas personagens."Eu não gosto de personagens que são vilãs porque são vilãs apenas. Ou seja, são más porque nasceram assim. Eu acho que a vilã tem que ter sempre uma motivação para ser má", diz o autor, que acredita no humor como elemento de conexão desses tipos com o espectador.

"Para que ela [a vilã] não fique pesada e pavorosa, ela tem que ser bem-humorada, ela tem que ter toques de humor. Além disso, ela tem que falhar muito. Por essa história da vilã sempre fazer tudo dar certo durante a novela inteira é muito chato. Ela tem que errar."

Para O Sétimo Guardão - cuja previsão de estreia é para novembro -, o autor preparou não uma, mas sim duas vilãs. "Nesta novela eu tenho uma super vilã, a Valentina Marsalla, que é interpretada pela Lilia Cabral. Ela é uma senhora muito rica, mas que almeja ser ainda mais rica", conta o autor.

Globo/João Cotta
Lilia Cabral dá vida à vilã Valentina Marsalla em 'O Sétimo Guardião'.

Valentina é uma grande empresária do ramo de cosméticos que quer usar a água fonte com propriedades milagrosas em seus produtos. Ela está perto de colocar esse plano em prática, já que é mãe de Gabriel (Bruno Gagliasso), destinado a ser o próximo guardião da fonte. No entanto, Gabriel acaba se apaixonando por Luz (Marina Ruy Barbosa), descumprindo a regra dos guardiões, o que deve gerar uma consequência terrível.

Segundo Aguinaldo, a vilã que terá os planos atrapalhados pelo "amor proibido" entre a Gabriel e Luz tem um bom motivo para ser má. "Ela saiu daquela cidade para voltou agora, que é Serro Azul, pobre. Então existe nela essa obsessão pela riqueza e por mostrar para aquela cidade que consegue passar a perna em todo o mundo."

E a segunda vilã? "É uma mulher mesquinha, devota da moral e dos bons costumes, que persegue todo mundo, que acha que todo mundo é pecador e cria mil problemas pra cidade por causa disso", conta Aguinaldo. Trata-se da personagem Mirtes, interpretada pela veterna Elizabeth Savalla. "É outra vilã da história que eu acho que vai dar o que falar", diz o autor.

No vídeo abaixo, além do gato Léon e das vilãs de O Sétimo Guardião, Aguinaldo Silva fala sobre sua rotina de trabalho como novelista, relembra cenas da vilã Nazaré em Senhora do Destino e diz como seu passado como jornalista reflete em suas atividades.

Photo galleryAs maiores vilãs: Como estão as atrizes hoje See Gallery