ENTRETENIMENTO
12/09/2018 20:01 -03 | Atualizado 12/09/2018 20:14 -03

'O Banquete', o filme nacional sobre um jantar onde transbordam jogos de poder e sedução

Segundo projeto solo de Daniela Thomas, 'O Banquete' combina memórias da diretora com eventos da política nacional.

A atriz Drica Barbosa é um dos destaques do grande elenco de 'O Banquete'.
Divulgação
A atriz Drica Barbosa é um dos destaques do grande elenco de 'O Banquete'.

O Baquete chega aos cinemas nesta quinta-feira (13). Segundo projeto solo da diretora Daniela Thomas (e o sexto da carreira), o longa retrata um jantar de figuras ricas e influentes na casa da personagem Dora (Drica Moraes). O filme reúne grande elenco: Mariana Lima, Caco Ciocler, Rodrigo Bolzan, Fabiana Gugli, Gustavo Machado, Chay Suede, Bruna Linzmeyer e Georgette Fadel.

Regada a boa bebida e comida, jogos de sedução e discussões filosóficas, a trama é inspirada em memórias da diretora carioca e eventos recentes da história política do Brasil. Daniela Thomas é filha de Ziraldo e conviveu na infância, em sua casa em Copacabana, com profissionais do jornal O Pasquim, escritores, jornalistas, desenhistas, atores, músicos e diretores.

"Escrever O Banquete não foi tanto criar diálogos, mas lembrar das conversas, do jeito engraçado e despretensioso de gente que, fora das quatro paredes, fazia a diferença na cultura, na política do país, mas que ali, protegida pela amizade, pelo álcool e privacidade, não se importava em ser desbocada", afirma a cineasta, que lançou no ano passado o controverso Vazante.

Divulgação

Na trama, um dos convidados é editor de uma grande revista e pode ser preso a qualquer momento pelo fato de ter escrito uma carta aberta com denúncias contra o presidente do país. Tal situação, por exemplo, remete à carta publicada em 1991 por Otávio Frias Filho na Folha de S. Paulo, direcionado ao então presidente da República.

O publisher da Folha de S. Paulo morreu em agosto passado, aos 61 anos, em decorrência de um tumor no pâncreas, e provocou uma decisão curiosa por parte da diretora: a retirada do filme da competição do Festival de Gramado, onde o longa faria sua estreia. "O momento é inoportuno para o encontro de ficção e realidade e as possíveis interpretações equivocadas que a ficção pode suscitar. Por isso retiro o filme do festival", afirmou a diretora em nota.

Além dos diálogos, chama atenção logo no trailer a atmosfera de proximidade entre espectador e personagens. Tal aspecto pode ser justificado pela forma como a reunião dos personagens de O Banquete foi filmada. "O jantar se passa em tempo real e filmá-lo foi uma experiência extraordinária. Planos-sequência de quase uma hora, sem intervalos, sem correções", revela a cineasta carioca.

"A câmera em contínuo movimento de Inti Briones [diretor de fotografia] poderia focar qualquer um dos atores, a qualquer momento. No fundo da sala, um espelho de fora a fora não permitia a qualquer um deles a mínima desconcentração. Foi intensidade máxima", finaliza.

Assista ao trailer de O Banquete:

Photo galleryOs 25 melhores filmes dos últimos 25 anos segundo o IMDB See Gallery