ENTRETENIMENTO
12/09/2018 15:31 -03 | Atualizado 12/09/2018 22:57 -03

'Portal da Crônica Brasileira': Instituto Moreira Salles lança site com acervos de grandes escritores

'Portal da Crônica Brasileira' reúne textos de acervos pessoais que estão sob a guarda da instituição.

Caricaturas dos escritores feitas por Cássio Loredano compõem visual do site.
Montagem/Divulgação/Cássio Loredano
Caricaturas dos escritores feitas por Cássio Loredano compõem visual do site.

Rachel de Queiroz, Rubem Braga, Antônio Maria, Clarice Lispector, Paulo Mendes Campos, Otto Lara Resende. Seis dos maiores cronistas do País são a base do Portal da Crônica Brasileira, novo site do Instituto Moreira Salles (IMS) que reúne textos do gênero que estão sob a guarda da instituição.

As 2.519 crônicas disponíveis no portal foram publicadas originalmente na imprensa e guardadas em recortes de jornais e revistas - tanto pelos autores quanto por seus familiares. Esse material também integra um banco de dados de literatura do IMS que, segundo a instituição, reúne cerca de 10 mil textos de diferentes gêneros literários.

A ideia é que a plataforma seja sempre alimentada com novos recortes. A primeira fase do site já conta com material vindo de fora do IMS. Os leitores podem acessar 816 crônicas de Rubem Braga, escritor cujo acervo pessoal está sob os cuidados da Fundação Casa Rui Barbosa.

Entre as características do portal que ampliam a experiência do leitor com os textos estão caricaturas feitas por Cássio Loredano e o espaço da "crônica do dia" em destaque na homepage. Além disso, o portal contará quinzenalmente com um coluna de seu editor, Humberto Werneck, intitulada Rés do Chão, abordando os aspectos e peculiaridades da crônica.

"Costuma haver uma confusão grande. As pessoas acham que a crônica é um gênero jornalístico. Não, a crônica é literatura. Ela, dentro do jornal, corre na contramão do que é jornalismo", explica Werneck no vídeo que anuncia o lançamento do portal.

"O jornalista é obrigado a ser objetivo, impessoal o tempo todo. A boa crônica muitas vezes permanece no leitor com a mesma aderência que tem um bom conto, um romance - embora ela não tenha nenhuma ambição disso", completa.

Assista ao vídeo abaixo:

Photo gallery 5 novos livros para pensar sobre as condições do negro no Brasil See Gallery