POLÍTICA
11/09/2018 20:00 -03 | Atualizado 11/09/2018 20:11 -03

Ciro e Alckmin ganham numericamente de Bolsonaro no 2º turno, diz Ibope

Com margem de erro, há empate técnico em todos cenários testados.

Ciro tem 40% das intenções de voto contra 37% de Bolsonaro em segundo turno. Alckmin ganharia do deputado por 38% a 27%.
Montagem/Getty Images
Ciro tem 40% das intenções de voto contra 37% de Bolsonaro em segundo turno. Alckmin ganharia do deputado por 38% a 27%.

Os candidatos à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) ganhariam numericamente de Jair Bolsonaro (PSL) em um eventual segundo turno, de acordo com pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (11).

Na simulação, Ciro tem 40% das intenções de voto contra 37% de Bolsonaro. Votos brancos e nulos somam 18% e outros 4% não sabem. Como a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, há empate técnico entre os presidenciáveis.

Alckmin, por sua vez, tem 38% contra 37% de Bolsonaro em um cenário em que brancos e nulos somam 21% e outros 4% não sabem.

Apesar de estar numericamente à frente do deputado, o ex-governador do Ceará teve desempenho pior nesse cenário em relação à última pesquisa Ibope, divulgada em 5 de setembro. Na data, Ciro ganharia de Bolsonaro no segundo turno, com 44% das intenções de voto, contra 33% do candidato do PSL.

O mesmo fenômeno aconteceu no cenário com o ex-governador de São Paulo. Antes, o tucano ganharia do deputado com 41% das intenções de voto contra 32%.

A sondagem divulgada nesta terça é a primeira do instituto após Bolsonaro ser vítima de uma facada em 6 de setembro. Foram entrevistados 2.002 eleitores entre 8 a 10 de setembro.

Segundo a pesquisa, o deputado lidera as intenções de voto, com 26%. Há um empate quádruplo em segundo lugar. Ciro registrou 11%; Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB) têm 9% e Fernando Haddad (PT) alcançou 8%.

As simulações de segundo turno mostram empate técnico.

Ciro 40% x 37% Bolsonaro (brancos e nulos: 18%/não sabem: 4%)

Alckmin 38% x 37% Bolsonaro (brancos e nulos: 21%/não sabem: 4%)

Bolsonaro 38% x 38% Marina (brancos e nulos: 20%/não sabem: 4%)

Bolsonaro 40% x 36% Haddad (brancos e nulos: 19%/não sabem: 5%)

Compare com o cenário antes do ataque a Bolsonaro.

Ciro 44% x 33% Bolsonaro (brancos e nulos: 19%/não sabem: 4%)

Marina 43% x 33% Bolsonaro (brancos e nulos: 20%/não sabem: 3%)

Alckmin 41% x 32% Bolsonaro (brancos e nulos: 23%/não sabem: 4%)

Bolsonaro 37% x 36% Haddad (brancos e nulos: 22%/não sabem: 5%)

Quanto à rejeição, Bolsonaro tem o maior índice (41%), seguido por Marina (24%), Haddad (23%), Alckmin (19%) e Ciro (17%).