COMPORTAMENTO
04/09/2018 14:08 -03 | Atualizado 04/09/2018 14:12 -03

Tirar férias faz bem para a saúde e prolonga a longevidade, diz estudo

Se você se considera workaholic, é melhor repensar alguns hábitos.

Getty Images

Você se considera um pouco workaholic e tem dificuldade em se desligar do trabalho? Bom, talvez seja melhor você repensar um pouco o seu estilo de vida.

Um estudo recente sugere que as pessoas que sofrem de estresse a longo prazo e tiram menos tempo de férias por ano têm um risco maior de morrer ainda jovens.

O relatório intitulado "Aumento da mortalidade apesar da redução do risco cardiovascular multifatorial bem-sucedido em homens saudáveis. Acompanhamento de 40 anos do teste de intervenção do estudo de empresários de Helsinque" foi publicado no Journal of Nutrition, Health & Aging.

Os pesquisadores examinaram dados de mais de 1.200 empresários que foram coletados ao longo de quatro décadas. No início da pesquisa, em meados da década de 1970, todos os participantes estavam na faixa dos 50 anos e tinham, pelo menos, um dos seguintes fatores de risco para doença cardiovascular: tabagismo, pressão alta, colesterol alto, triglicerídeos elevados, diabetes ou excesso de peso.

Os participantes foram divididos em dois grupos: um de controle e um grupo de intervenção. No 2º, os participantes foram aconselhados a se exercitar, comer corretamente, manter um peso saudável e parar de fumar. Alguns deles também receberam medicamentos.

No final do estudo, o risco de doença cardiovascular caiu 46% no grupo de intervenção em comparação com o grupo controle. Isso era o esperado. Porém, o que surpreendeu foi o número de mortes que ocorreram no grupo de intervenção, apesar das medidas.

Dentro deste grupo, os homens que tiraram menos de 3 semanas de folga do trabalho por ano foram 37% vezes mais propensos a morrer ainda jovens.

Ou seja. Mesmo se você seguir uma dieta saudável e um estilo de vida equilibrado, Timo Strandberg, pesquisador responsável pelo trabalho, afirma que isso não será suficiente para compensar os niveís de estresse por trabalhar muito.

Os homens que tiraram menos férias tiveram baixa qualidade do sono, o que tem sido associado a efeitos complexos, como a memória prejudicada e o ganho de peso.

Mas isso não significa que devemos evitar cuidar de nossa saúde.

"Perguntando às pessoas de 95 anos qual foi a razão pela qual elas atingiram 95, quase sempre a resposta que recebi foi 'curti a vida, tive um bom tempo. Não se trata de deixar de cuidar dos fatores de risco. Mas você não pode se esquecer de aproveitar a vida, afinal você só tem uma",a rgumentou o pesquisador Joep Perk, da Sociedade Europeia de Cardiologia, em entrevista ao site Medical Daily.