POLÍTICA
20/08/2018 19:30 -03 | Atualizado 20/08/2018 23:55 -03

Pesquisa Ibope a presidente: Lula, 37%, Bolsonaro, 18%, Marina, 6%, e Ciro e Alckmin, 5%

Sem Lula, brancos e nulos somam 29% e Bolsonaro, 20%.

Ibope aponta liderança de Lula, vice-liderança de Bolsonaro e Marina, Ciro e Alckmin embolados.
Montagem/Facebook/APF/Getty Images
Ibope aponta liderança de Lula, vice-liderança de Bolsonaro e Marina, Ciro e Alckmin embolados.

O Ibope divulgou a primeira pesquisa presidencial desta campanha eleitoral, iniciada em 16 agosto.

O retrato deste primeiro momento da eleição, quando o nome de Luiz Inácio Lula da Silva é incluído, é o seguinte:

Lula (PT) - 37%

Jair Bolsonaro (PSL) - 18%

Brancos e nulos - 16%

Marina Silva (Rede) - 6%

Ciro Gomes(PDT) - 5%

Geraldo Alckmin(PSDB) - 5%

Alvaro Dias (Podemos) - 3%

Nesse cenário, 6% não souberam ou não responderam.

Eymael (DC), Guilherme Boulos (PSol), Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) têm 1% cada.

Cabo Daciolo (Patriota), Vera Lucia (PSTU) e João Goulart Filho (PPL) não pontuaram.

Porém, Lula deve ser barrado na Lei da Ficha Limpa pois ele foi condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso tríplex do Guarujá (SP).

Sem Lula entre as opções e com Fernando Haddad (PT), que é vice do petista, no lugar dele, o número de votos brancos e nulos quase dobra. O Ibope apresenta o seguinte cenário em primeiro turno:

Brancos e nulos - 29%

Jair Bolsonaro - 20%

Marina Silva - 12%

Ciro Gomes - 9%

Geraldo Alckmin - 7%

Fernando Haddad- 4%

Alvaro Dias - 3%

Nesse cenário, 9% não souberam ou não responderam.

Eymael, Guilherme Boulos, Henrique Meirelles, João Amoêdo, Cabo Daciolo, Vera Lucia e João Vicente Goulart têm 1% cada.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa do Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo Estadão.

Foram ouvidos 2.002 eleitores em 142 municípios brasileiros de 17 a 19 de agosto.

LEIA MAIS:Bolsonaro e Lula são os presidenciáveis mais rejeitados, segundo o Ibope

Lula barrado pela Justiça Eleitoral?

Nesta segunda-feira (20), o Ministério Público Eleitoral pediu a inelegibilidade de Lula. O vice-procurador eleitoral, Humberto Medeiros, apresentou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) parecer para que a Corte negue o registro da candidatura do petista.

A justificativa é a Lei da Ficha Limpa. O ex-presidente está preso desde 7 de abril em Curitiba, onde cumpre pena de 12 anos de prisão.