POLÍTICA
17/08/2018 21:30 -03 | Atualizado 17/09/2018 02:14 -03

Número dos candidatos a presidente: A cola com os números de todos os presidenciáveis

Militantes de Jair Bolsonaro estão usando número do candidato em imagens de adversários, o que pode induzir eleitor a erro.

Número errado está associado a imagens com as candidaturas de Marina Silva e Geraldo Alckmin.
Reprodução/WhatsApp
Número errado está associado a imagens com as candidaturas de Marina Silva e Geraldo Alckmin.

O número dos candidatos a presidente é o novo alvo das táticas de guerrilhas virtuais nesta campanha das eleições de 2018. Em tempos de fake news, agora é o número fake que assusta os presidenciáveis.

Nas últimas semanas, militantes do candidato Jair Bolsonaro (PSL) espalharam o número dele — 17 — em transmissões ao vivo de entrevistas com a adversária Marina Silva (Rede) no Facebook, associando o 17 à candidata. O comentário "Marina17" foi comum nas lives. Entretanto, o número da candidata é 18.

Integrantes da campanha da presidenciável recorreram ao Facebook para questionar a ação, informa o Estadão. Segundo especialista ouvido pelo jornal, Fernando Hideo, da PUC-SP, essa troca de número e candidato, com fins de manipulação, induz o eleitor ao erro e é ilegal.

Desde o início oficial da campanha nesta quinta-feira (16), começaram a circular em grupos de WhatsApp diversas imagens de candidatos com o número de Bolsonaro. Além de Marina, há montagens com Geraldo Alckmin (PSDB) e Guilherme Boulos (PSol).

Reprodução/WhatsApp
Guilherme Boulos também foi alvo de montagem de militantes de Bolsonaro.

Qual é o número de seu candidato?

Para evitar cair em armadilhas, o HuffPost Brasil reuniu neste texto os números de todos os candidatos a presidente do Brasil.

O registro das 13 candidaturas à Presidência já foi aprovado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O único pedido de registro impugnado foi de Lula, preso e condenado em 2ª instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. No lugar dele, o candidato do PT é Fernando Haddad.

Portanto, a seguir estão os números dos partidos dos postulantes ao Planalto.

Segue a cola para os eleitores:

Alvaro Dias (Podemos): 19

Cabo Daciolo (Patriota): 51

Ciro Gomes (PDT): 12

Eymael (DC): 27

Fernando Haddad (PT): 13

Geraldo Alckmin (PSDB): 45

Guilherme Boulos (PSol): 50

Henrique Meirelles (MDB): 15

Jair Bolsonaro (PSL): 17

João Amoêdo (Novo): 30

João Vicente Goulart (PPL): 54

Marina Silva (Rede): 18

Vera Lúcia (PSTU): 16