COMIDA
16/08/2018 19:02 -03 | Atualizado 16/08/2018 19:04 -03

Por que os refrigerantes ‘comuns’ de limão estão sumindo das prateleiras?

Versões Zero Açúcar, Diet ou Light são as mais encontradas nos supermercados e lojas do ramo.

Sprite Zero chegou às prateleiras e tomou espaço da versão tradicional do refrigerante.
Divulgação
Sprite Zero chegou às prateleiras e tomou espaço da versão tradicional do refrigerante.

Se você não é um dos muitos apaixonados por bebidas sabor limão, em especial refrigerantes, pode até não ter se dado conta, mas as versões "tradicionais" desses refrescos estão cada vez mais raras nas prateleiras – físicas ou virtuais – dos supermercados.

Hoje em dia é muito mais fácil encontrar os refrigerantes nas linhas Diet, Zero ou Light nas lojas especializadas do que a versão mais "açucarada" da bebida. Curioso, não é mesmo?

Para saber o porquê de isso estar acontecendo, a reportagem do HuffPost Brasil entrou em contato com as duas maiores empresas do ramo no País – a Coca-Coca, fabricante da Sprite, e a Ambev, responsável pela Soda Limonada e também pela H20.

Em contato por e-mail, a assessoria de imprensa da Coca-Cola confirmou que a empresa realmente resolveu apostar, desde 2017, em versões da Sprite (refrigerante sabor limão da marca) sem açúcar. O comunicado da marca avisa, no entanto, que os fãs do produto tradicional não precisam ficar tristes, pois ele já está voltando.

"Com o objetivo de reforçar o compromisso de Coca-Cola Brasil em atender ao desejo das pessoas por bebidas com menos açúcar, Sprite lançou sua nova receita sem açúcar no ano passado, substituindo as versões zero e original. No entanto, os fãs da marca pediram que o produto com açúcar retornasse ao mercado. E como nossa estratégia tem o consumidor no centro do negócio, Sprite com açúcar voltou a ser comercializado no sul do país desde abril, e estará de volta em novas praças até o fim do ano", diz a nota da Coca.

A Ambev também foi contatada pela reportagem para falar sobre a Soda Limonada Antarctica, Soda Zero Açúcares e a H2O, produtos sabor limão da empresa, mas não deu um posicionamento oficial até o fechamento da matéria.

As informações nutricionais da Soda Limonada tradicional podem ser encontradas nesse link, enquanto as que dizem respeito a H2O estão aqui.

Consumo de refrigerante X saúde

Para a nutricionista Carolina Godoy, da Câmara Técnica do CRN-3 (Conselho Regional de Nutricionistas), a explicação para o desaparecimento repentino dos refrigerantes sabor limão em suas versões "comuns" pode estar ligada à saúde.

"A redução do consumo de açúcares é um velho desafio para indústria de bebidas em geral. Todos sabem que o excesso faz mal, inclusive a indústria. Creio que pode ser uma tentativa de migração do consumidor para a versão que talvez tenha performado melhor o sabor sem açúcar com o uso de adoçantes. Claro que devem estar ouvindo críticas e reclamações daqueles consumidores fãs de carteirinha. Mas na minha opinião, pensando de forma ampla, reduzir o consumo de açúcares e se preocupar com saúde pública é uma estratégia louvável".

A visão de Ariane Bomgosto, especialista em nutrição comportamental, nutrição infantil e combate à obesidade infantil, também aponta a saúde como provável motivo para o "sumiço". Bomgosto, porém, é um pouco mais severa no que tange aos possíveis benefícios dessa troca.

Bomgosto reitera que refrigerante é algo extremamente prejudicial para a saúde de qualquer pessoa, seja qual for a versão consumida.

"Qualquer tipo de refrigerante deve ser evitado ou eliminado da rotina alimentar. No caso das versões diet ou zero, no lugar do açúcar retirado, são colocadas substâncias nocivas à saúde a fim de viciar o paladar e o cérebro do consumidor", explicou. Ela conclui:

"A ideia do consumo de refrigerante, quando for o caso, deve estar associada a eventos fora da rotina e sempre associada à moderação. Portanto, sobre esta bebida, não devemos buscar associações ou justificativas pautadas na saúde do consumidor, mas sim na necessidade do respeito a memórias construídas em que o refrigerante está inserido em determinados contextos sociais."