NOTÍCIAS
10/08/2018 18:30 -03 | Atualizado Há 27 minutos

Cancela o sextou: A indústria de memes está focada na produção do plano Ursal

Quem disse que a Ursal não existe? A indústria de memes já criou passaporte, brusinha e escalou a seleção de futebol.

O Brasil acordou nesta sexta-feira (10) com uma revolução em andamento. Mal sabia o Cabo Daciolo, candidato do Patriotas, à Presidência da República que ao questionar o candidato do PDT, Ciro Gomes, no Debate da Band sobre o Foro de São Paulo e a Ursal, ele estaria dando o pontapé a um levante "comunista".

O motim é um pouquinho diferente daqueles que os livros de história descrevem. Os planos táticos para tirar a tal da União das Repúblicas Socialistas da América Latina da teoria da conspiração estão sendo traçados nas redes sociais. Informantes infiltrados no Twitter e no Facebook detalharam o plano.

Confira:

1. Disputa pela presidência

Há quem defenda o ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica para o cargo.

Outra corrente acredita que o escolhido deve ser Ciro Gomes.

2. Paixão nacional

Uma nação de países da América Latina certamente teria uma seleção de futebol forte. Estrategistas que trabalham na elaboração do plano Ursal já elaboram possíveis escalações.

3. A identidade do mascote

4. Documentos secretos

Falando em futebol, documentos obtidos pela indústria da zoeira releva o que faltou para o Brasil ganhar a Copa da Rússia.

5. Moda

Também foram produzidos alguns modelitos para representar a união.

6. Símbolo

Ou seria melhor esta?

7. Identificação

Parar entrar e sair da Ursal, você vai precisar do seu:

8. Recrutamento

Nação relâmpago

Em menos de 24 horas, descobrimos isso tudo sobre a Ursal. Afinal...

Mas quem disse que não existia?

Mas a que Ursal o Cabo Daciolo se referia?

Na internet, páginas de direita denunciam o suposto "Dossiê Ursal", que seria um sonho dos "comunistas".

Tal dossiê aponta 100 denúncias que comprovariam a cumplicidade do PSDB para encobrir o "golpe comunista que o PT planeja aplicar no Brasil".

Ou seja, a Ursal é uma teoria da conspiração de grupos de direita que temem a "ameaça" do comunismo no Brasil.