NOTÍCIAS
09/08/2018 22:03 -03 | Atualizado 09/08/2018 22:06 -03

Militantes do Novo vão à TV Band protestar contra exclusão de João Amoêdo de debate

Candidato chegou a fazer abaixo-assinado para participar do debate, mas ficou de fora.

Militantes do Novo se queixam de ausência de João Amoêdo do debate da Band.
Débora Melo/HuffPost Brasil
Militantes do Novo se queixam de ausência de João Amoêdo do debate da Band.

Cerca de 50 militantes do partido Novo foram à sede da TV Band, na noite desta quinta-feira (9), para protestar contra a ausência do candidato João Amoêdo do debate da emissora.

Dos 13 candidatos confirmados à Presidência da República, 8 participam do primeiro debate entre os candidatos à Presidência: Alvaro Dias(Podemos), Cabo Daciolo (Patriota), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSol), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede).

João Amoêdo não foi convidado pela Band, que justificou sua decisão com base na Lei 13.488/2017. A legislação determina que as emissoras de rádio e TV são obrigadas a convidar para os debates os candidatos dos partidos que tiverem no mínimo 5 parlamentares no Congresso Nacional, entre deputados e senadores. Quanto aos demais candidatos, as emissoras têm autonomia para convidar ou não. Criado em 2016, o Novo não tem parlamentares no Congresso.

"O João Amoêdo precisa vir aos debates para ser ouvido. O partido Novo não usa dinheiro público. Temos direito ao fundo partidário e ao fundo eleitoral, mas não usamos", afirma a engenheira civil Isabel Teixeira, 54, que é filiada ao Novo. Ela concedeu entrevista à reportagem do HuffPost Brasil na sede da TV Band, no Morumbi.

Amoêdo chegou a fazer abaixo-assinado para participar do debate da Band, mas a emissora não mudou de ideia. Ele conseguiu coletar aproximadamente 140 mil assinaturas.

Durante o debate da Band, Amoêdo está fazendo uma transmissão ao vivo de suas propostas para seus eleitores.

Acompanhe o live tweeting do debate da Band.