POLÍTICA
04/08/2018 17:20 -03 | Atualizado 04/08/2018 17:46 -03

Alvaro Dias enaltece Sergio Moro e a 'República de Curitiba' ao ser oficializado candidato

Candidato à Presidência pelo Podemos, Alvaro Dias diz que vai convidar o juiz responsável pela Lava Jato em Curitiba para o Ministério da Justiça.

Bloomberg via Getty Images

Oficializado neste sábado (4) candidato do Podemos à Presidência da República, Alvaro Dias não poderia ter usado melhor o simbolismo da cidade onde ocorreu a convenção. Em Curitiba, onde ocorrem a maioria das investigações da Lava Jato, Dias afirmou que convidará o juiz Sergio Moro, responsável por conduzir a operação, para o Ministério da Justiça, caso seja eleito.

"Moro é o símbolo da esperança do nosso povo de reabilitar as instituições públicas destruídas pela incompetência e corrupção", disse.

O juiz, entretanto, ainda não foi convidado oficialmente. Além de Moro, Dias anunciou que integrarão o seu governo os juristas Miguel Reale Jr, Modesto Carvalhos e René Dotti. "Estamos convocando uma seleção para derrotar a impunidade, injustiça e a corrupção", pontuou.

A 'República de Curitiba', capital do estado ao qual Dias representa no Senado, foi quem mais recebeu afagos do candidato. Além do convite a Moro, o Ministério Público também recebeu um aceno.

"É com coragem que nós vamos continuar a limpeza neste país. É com coragem que nós vamos combater a corrupção. É com coragem que vamos assumir o compromisso de defender todas as medidas de combate à corrupção propostas pelo Ministério Público e subscritas por todos nesse país", disse.

Na quarta-feira (1), Dias anunciou Paulo Rabello (PSC), como vice. A composição da chapa reforça que junto com o viés anti-corrupção, a chapa também aposta na defesa da "família tradicional".