POLÍTICA
20/07/2018 01:17 -03 | Atualizado 20/07/2018 01:17 -03

Checazap faz checagem de fake news compartilhadas no WhatsApp

Agência é um projeto dxs estudantes da Escola de Jornalismo da Énois e do datalabe.

ChecaZap/Énois

Estudantes da Escola de Jornalismo, em São Paulo, e do datalabe, no Rio de Janeiro — organizações que trabalham com a formação de jovens das periferias em jornalismo, dados e narrativas — estão checando notícias falsas de impacto político eleitoral compartilhadas nos grupos de WhatsApp de seus amigos e familiares.

O Checazap vai devolver notícias verdadeiras nos grupos onde elas circularam originalmente usando o mesmo visual e linguagem das fakes.

Às sextas-feiras, as notícias mais interessantes serão publicadas uma vez por semana aqui no HuffPost Brasil.

O processo faz parte de um projeto pedagógico que pretende ajudar a tornar o processo eleitoral mais transparente para as pessoas, principalmente moradores de periferias e favelas.

Você também pode participar desse processo enviando para o número +11 98952 0934 notícias falsas ou que você desconfia da veracidade.

Confira abaixo as checagens desta semana.

1. Se você recebeu uma notícia dizendo que Bolsonaro tem 630 projetos de lei...

...você foi enganado !!!!!!

Bolsonaro tem 26 anos de Congresso e no decorrer desse tempo apresentou 162 projetos de lei. Mais da metade deles já foram arquivados e apenas um foi transformado em lei.

O número de projetos de lei não é a melhor forma de medir a atuação de um deputado.

O Atlas Político classificou os parlamentares por seu desempenho e atuação política.

Bolsonaro aparece em 33º lugar.

Adriano Machado / Reuters
O Checazap checou e Bolsonaro não tem 630 projetos de Lei. Em 26 anos de Câmara, ele apresentou 162 propostas e apenas uma virou lei.

2. BOLSONARO NÃO TEM 88% DOS VOTOS

❕❗Se você recebeu uma mensagem sobre a pesquisa do Ibope que mostra Jair Bolsonaro com 88% da intenção dos votos e todos os outros candidatos juntos com 12% É MENTIRA!!!❗❕

👉 Lula está na frente com 33%, seguido de Bolsonaro com 15%, segundo a pesquisa do Ibope de 28 de junho.

Em nenhum cenário Bolsonaro atinge 88%, mesmo com Lula fora das pesquisas.

👀👀👀👀👀👀👀👀

👇👇Olha aqui:

Essa pesquisa foi REGISTRADA NO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL (TSE) SOB O PROTOCOLO Nº BR-02265/2018

3. SEU CANDIDATO ESTÁ ENVOLVIDO EM ESCÂNDALOS?

Se você recebeu uma mensagem dizendo que apenas 6 presidenciáveis estão envolvidos em escândalos, CUIDADO!

Nem todos eles são pré-candidatos!!!!!!!!!

E um ESCÂNDALO não quer dizer que o político foi processado.

Existem vários tipos de processo. Os mais comuns são do tipo: civil, penal, administrativo e trabalhista.

EXISTEM 15 PRESIDENCIÁVEIS: Alguns deles respondem ou já responderam por pelo menos um desses tipos.

Ter um processo não significa que o candidato será preso ou seja culpado.

Para saber se seu candidato é mencionado em alguma investigação judicial, consulte o site www.portal.stf.jus.br

4. Repassem urgente❗

Energia elétrica e gasolina sem reajuste

Se você recebeu uma corrente falando sobre reajustes da gasolina e da energia elétrica do Banco Central, ATENÇÃO. Diferentemente do que está circulando nos grupos, a conta de energia elétrica não terá reajuste de 37% e a gasolina não sofrerá reajuste de 14%.

🏻

🏻

🏻

🏻

🏻

🏻

🏻

🏻

🏻

Abaixo, dois sites com a explicação de como funcionam os preços de luz e da gasolina. Fiquem atentos!!!! Não é o Banco Central que determina essas tarifas.

O preço da luz é o valor da tarifa feita pela ANEEL + os encargos tributários estaduais. A energia vai ter reajuste somente em alguns estados entre 5 e 22%.

Já o valor da gasolina é formado pelo preço da extração + refinamento + apuração + o valor do etanol que tem nela + tributos estaduais e federais somado ao valor da distribuição e revenda. Já o aumento da gasolina é rotativo e acompanha oscilações internacionais como o aumento do dólar.

5. ATENÇÃO!!!!

O fim do 13º salário não foi aprovado pela Câmara dos Deputados!!

Está circulando em alguns grupos uma mensagem afirmando que a Câmara dos Deputados aprovou o fim do 13º salário, e que agora o projeto seria encaminhado para o Senado Federal. Essa mensagem é FALSA! Dos 13 deputados listados, nenhum poderia votar esse projeto, já que a maioria não está em exercício no momento. Além disso, o próprio Senado Federal desmentiu essa notícia, por meio do Twitter.

01- INOCÊNCIO OLIVEIRA – PFL: não está em exercício no momento. O PFL mudou o nome para DEM.

02- JOEL DE HOLLANDA – PFL: não está em exercício no momento. O PFL mudou o nome para DEM.

03- JOSÉ MENDONÇA BEZERRA – PFL: se for o José Mendonça Bezerra Pai, morreu em 2011. Se for o José Mendonça Bezerra Filho, é Ministro da Educação desde 2016.

04- OSVALDO COELHO – PFL: morreu em 2015. O PFL mudou o nome para DEM.

05- ARMANDO MONTEIRO – PMDB: se for o Armando Monteiro Neto, é filiado ao PTB desde 2003. Se for o Armando Monteiro Filho, morreu em janeiro de 2018.

06- SALATIEL CARVALHO – PMDB: não está em exercício no momento. Atualmente é filiado ao DEM, antigo PFL.

07- PEDRO CORRÊA – PPB: teve o mandato cassado em 2006, os direitos políticos foram suspensos até 2014, e atualmente está preso por envolvimento nos escândalos de corrupção investigados pela Lava Jato. Foi condenado a mais de 20 anos de prisão.

08- RICARDO FIÚZA – PPB: morreu em 2005.

09- SEVERINO CAVALCANTE – PPB: renunciou à presidência da Câmara em 2005 e afastou-se da vida política.

10- CLEMENTINO COELHO – PPS: não está em exercício no momento.

11- CARLOS BATATA – PSDB: não está em exercício no momento.

12- JOÃO COLAÇO – PSDB: não está em exercício no momento.

13- JOSÉ MÚCIO MONTEIRO – PSDB: é Ministro do Tribunal de Contas da União desde 2009.

Essas mensagens foram verificadas pelo Checazap.

Desconfiou de alguma mensagem? Encaminhe para gente e entre na nossa lista de transmissão: (11) 989520934