NOTÍCIAS
18/07/2018 15:05 -03 | Atualizado 18/07/2018 15:32 -03

Nelson Mandela: O dia histórico em que o líder político foi solto, depois de 27 anos preso na África do Sul

Nesta quarta-feira (18), comemora-se o centenário do líder que é símbolo mundial da luta contra o racismo.

ALEXANDER JOE via Getty Images

Nelson Mandela é uma lenda inspiradora para cidadãos de todo o mundo.

Entusiasta da democracia, da educação e, sobretudo, da igualdade de direitos entre negros e brancos, Mandela foi uma figura que atuou ativamente pelo fim do Apartheid, regime racista oficializado em 1948 que arruinava a vida da população negra da África do Sul.

Nesta quarta-feira (18), data em que se comemora o centenário do líder político o HuffPost Brasil recupera algumas imagens históricas 11 de fevereiro de 1990, dia da saída de Mandela da penitenciária de Victor Verster, que fica a 60 quilômetros da Cidade do Cabo, onde ele passou a maior parte do período de 27 anos em que esteve preso.

ALEXANDER JOE via Getty Images

Um mar de pessoas, negras e brancas, cobria as ruas à espera de Madiba – apelido carinhoso dado pelos sul-africanos. Muitos não sabiam o que esperar da condição física do ex-prisioneiro tratado pelo Governo do apartheid como chefe de um movimento terrorista. A imagem de Mandela teve circulação proibida, e ele também não havia sido fotografado durante as quase três décadas em que esteve atrás das grades.

Aos 72 anos, Mandela deixou a prisão em uma breve caminhando ao lado de Winie Madikizela, sua esposa na época e também ativista pelo fim da segregação racial. Com aparência digna e olhar sereno, ele ele celebrou os primeiros instantes de liberdade com o braço direito levantado e punho fechado – gesto que reproduzido em outros grandes momentos de sua trajetória.

Gamma-Rapho via Getty Images

Em um trecho da autobiografia Um Longo Caminho Para a Liberdade, de 1994, Mandela descreve seu primeiro dia de liberdade com em meio à multidão:

"Os cliques das câmeras fotográficas começaram a ressoar como se fossem uma manada de animais metálicos. Levantei o punho direito e escutei um alarido. Não tinha conseguido fazer isso em 27 anos e aquilo me encheu de força e alegria."

ALEXANDER JOE via Getty Images

Depois da breve marcha, Mandela foi levado de carro para a Cidade do Cabo, onde fez um discurso para dezenas de milhares de cidadãos sul-africanos. A soltura do líder - determinada por Frederik Willem de Klerk, presidente da África do Sul que enfrentava na época forte pressão internacional – deu início às negociações para acabar com o regime que oprimia negros em favor de brancos no país.

AFP/Getty Images

Formado em Direito, Nelson Mandela ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1993.

Na ano seguinte, tornou-se o primeiro presidente democraticamente eleito no país. A eleição que o colocou no poder foi também sua primeira oportunidade de votar na vida. Nas décadas posteriores, ele continuou prestando serviços à humanidade, consagrando-se um dos maiores símbolos dos direitos humanos no século 20.

AFP/Getty Images

Mandela morreu no dia 5 de dezembro de 2013, em Johanesburgo, na África do Sul, em decorrência de problemas pulmonares contra os quais lutou durante anos.

Photo gallery
Encontros e momentos marcantes de Mandela
See Gallery