NOTÍCIAS
15/07/2018 14:23 -03 | Atualizado 15/07/2018 14:23 -03

Deschamps faz história e se iguala a Zagallo e Beckenbauer

Técnico da França já havia sido campeão em uma Copa do Mundo cokmo jogador.

Jogadores da França se preparam para atirar o treinador para cima: Festa para Deschamps.
Anadolu Agency via Getty Images
Jogadores da França se preparam para atirar o treinador para cima: Festa para Deschamps.

Didier Deschamps, técnico da França, entrou para a História neste domingo (15), após comandar sua seleção na vitória por 4 a 2 sobre a Croácia, na grande final da Copa da Rússia.

O francês se tornou o terceiro homem do planeta a conseguir conquistar o título mundial como jogador e também como treinador.

EMPICS Sport
Deschamps foi capitão na grande final de 1998 contra o Brasil.

Deschamps levantou a taça de campeão como atleta na Copa de 1998. A suspensão do capitão Lauren Blanc nas semifinais daquele ano obrigaram a França a escolher um novo capitão para a decisão contra o Brasil.

Coube então a Deschamps, após Zidane marcar 2 gols na fácil vitória por 3 a 0, repetir o gesto de tantos outros capitães em Mundiais.

Neste domingo, com o auxílio de Mbappe, Pogba, Griezmann e Lloris, o ex-capitão voltou ao lugar mais alto do pódio... Agora com a prancheta nas mãos.

ANTONIO SCORZA via Getty Images
Zagallo com a Jules Rimet e a Taça Fifa em mãos.

"Vão ter que me engolir"

Mario Jorge Lobo Zagallo, o "Velho Lobo", foi bicampeão mundial vestindo a camisa da Seleção Brasileira, em 1958 e 1962. Em 70, teve a honra de comandar aquele que é até hoje badalado como melhor time de futebol de todos os tempos – a Seleção tricampeã na Copa do México.

O ícone do futebol mundial foi além e, em 1994, levantou o tetra como auxiliar-técnico de Carlos Alberto Parreira. O currículo poderia ser ainda mais recheado se, em 1998, tivesse batido a França (de Deschamps) na final e conquistado mais um troféu como treinador. No ano anterior, Zagallo fez um dos desabafos mais marcantes da história do futebol ao vencer a Copa América, disputada na Bolívia (vídeo abaixo).

A elegância do "Kaiser"

O seleto grupo a que agora Deschamps pertence também conta com o alemão Franz Beckenbauer.

Ele foi o capitão da Alemanha na conquista do título de 1974, tornando-se o primeiro jogador a erguer a taça Fifa – a Jules Rimet ficou em posse definitiva do Brasil após o tricampeonato de 1970.

Sua elegância como jogador - chegou a ser considerado o melhor defensor do mundo - lhe rendeu o apelido de Kaiser (Imperador, em alemão). No vídeo abaixo é possível ver um dos duelos históricos das Copas, entre ele e Cruyff, lendário craque holandês e vice-campeão do mundo em 1974.

Assista ao editor do Yahoo! Sports, Fernando Olivieri, direto da Rússia: