NOTÍCIAS
07/07/2018 12:51 -03 | Atualizado 07/07/2018 12:51 -03

Copa da Rússia: Inglaterra vence Suécia e volta a uma semifinal após 28 anos

Equipe britânica não chegava entre as 4 melhores do mundo desde 1990, quando foi eliminada pela Alemanha, nos pênaltis.

Harry Maguire comemora seu gol diante da Suécia.
Carlos Garcia Rawlins / Reuters
Harry Maguire comemora seu gol diante da Suécia.

A Inglaterra venceu a Suécia por 2 a 0 neste sábado (7), na Samara Arena, em Samara, e garantiu presença na semifinal da Copa da Rússia, voltando a integrar o grupo das 4 melhores seleções do mundo após 28 anos.

A última vez em que o English Team havia conseguido se classificar para uma semifinal de Copa havia sido em 1990, na edição disputada na Itália. Na ocasião, após empatar com a Alemanha por 1 a 1 no tempo regulamentar, os ingleses perderam por 4 a 3 na disputa de pênaltis.

Os gols da vitória foram marcados pelo zagueiro Harry Maguire e por Dele Alli, ambos de cabeça, um em cada tempo, e fizeram justiça ao melhor futebol dos ingleses, que desperdiçaram ao menos outras três grandes oportunidades de construir um placar mais elástico, principalmente na etapa inicial.

A Suécia chegou a esboçar uma reação nos 45 minutos finais do embate, mas parou nas inspiradas mãos do goleiro Jordan Pickford, um dos grandes nomes do jogo.

A Inglaterra terá pela frente o vencedor do duelo entre Rússia e Croácia, que também acontecerá neste sábado. A semifinal será disputada na próxima quarta-feira (11), as 15 horas (de Brasília), no Luzhniki Stadium, em Moscou.

De torcedor a herói

No dia em que Harry Kane, artilheiro da Copa da Rússia, passou em branco, o herói atendeu por um nome parecido... Harry Maguire.

O camisa 6 da Inglaterra saiu "das arquibancadas" para se tornar peça importante da equipe em apenas 2 anos.

Revelado nas categorias de base do Sheffield United, clube da 4ª Divisão da Inglaterra, passou por Hull City e Wigan antes de chegar ao Leicester City, seu atual time.

Em 2016, acompanhou de longe o desempenho da seleção inglesa na Eurocopa. A primeira convocação para a equipe principal do país chegou no ano seguinte, para dois compromissos das Eliminatórias, diante de Malta e Eslováquia.

Neste sábado, abriu caminho para os ingleses continuarem na luta pelo sonho do bicampeonato mundial, que já dura 52 anos.

Assista ao editor do Yahoo! Sports, Fernando Olivieri, direto da Rússia: