COMIDA
03/07/2018 17:31 -03 | Atualizado 05/07/2018 11:53 -03

Chef renomada dá dicas de como fazer o melhor 'tour gastronômico' pelo Brasil

7 em cada 10 brasileiros escolhem um destino pensando no que vai comer por lá. E por que não provar todos os sabores desse nosso Brasilzão?

FG Trade via Getty Images
De Norte ao Sul, há uma variedade enorme de sabores e temperos brasileiríssimos. 

Sete em cada dez brasileiros escolhem um destino com o objetivo de provar a gastronomia local, de acordo com pesquisa do site de reservas de hotéis Booking.com.

E, pensando no casamento perfeito da gastronomia com o turismo, por que não escolher seu próximo destino pensando nos sabores locais deste Brasilzão? De Norte ao Sul, há uma variedade enorme de sabores e temperos brasileiríssimos.

A chef brasileira Helena Rizzo, do premiado Maní, eleito um dos quatro melhores restaurantes do Brasil, deu algumas dicas valiosas de coo achar tesouros gastronômicos brasileiros, incentivando a cozinha local e viagens domésticas. E, com a alta do dólar e do euro, seu bolso certamente agradece!

Minas Gerais e visita aos produtores locais

dolphinphoto via Getty Images

Se passar pelo estado famosos por sua rica culinária, não deixe de agendar uma visita a produtores da região em que for conhecer. "É lindo ver todo o processo, entender o trabalho que dá produzir cada peça e o tempo que leva para maturar. A gente passa a dar mais valor ao produto e ao produtor", disse a chef.

Se estiver em Belo Horizonte, experimente um pedaço de broa de milho recheada com queijo enquanto toma um cafezinho. Ela e, é claro, o queijo minas são inesquecíveis.

Herança japonesa em São Paulo

NurPhoto via Getty Images

Se planeja fazer um tour gastronômico em São Paulo, não deixe de colocar em sua lista o bairro da Liberdade, berço da cultura japonesa do Brasil. "Aproveite e experimente o boteco japonês, o izakaya. Escolha dois ou três endereços vizinhos [na Liberdade há vários] e vá a todos na mesma noite, como fazem os espanhóis nos bares de tapa", sugere Rizzo.

Outras dicas é ir em grupo para pedir várias porções e experimentá-las sem pesar no bolso e misturar porções de peixes marinados, vegetais em conserva e pratos quentes.

Gastronomia do nosso Cerrado

jaboticaba via Getty Images

O pequi e a baunilha do cerrado são só uma pontinha da variedade de ingredientes e alimentos que são ícones da região. Por trás da aparência árida, o cerrado oferece uma riqueza de sabores e variedade enorme de peixes.

"Dispa-se de todo e qualquer preconceito em relação aos peixes de rio; eles são diferentes dos de mar, claro, mas igualmente saborosos", sugeriu a Chef do Maní. "Se visitar o estado de Mato Grosso, não saia de lá sem provar mojica de pintado, pacu assado e piraputanga."

Na terra do pequi, aqui vai um alerta: você nunca vai encontrar um pequi tão gosto quanto por lá, mas tome cuidado para não morder o caroço, pois os espinhos no interior podem machucar a boca.

O Brasil africano

pabst_ell via Getty Images

Impossível falar de gastronomia brasileira sem citar os sabores do nosso Nordeste. "Arrisco-me a dizer que na Bahia estão os mais bonitos encontros entre os ingredientes brasileiros e os preparos de origem africana. Em Salvador, por exemplo, é uma delícia o cheiro de dendê em cada canto", afirma Rizzo.

Segundo a chef, tente reservar ao menos um dia para visitar e fazer compras na Feira de São Joaquim, em Salvador. "É uma abundância, uma riqueza de produtos e de cultura de cair o queixo!", elogiou.

Também prove todas as comidas locais que puder, das moquecas de peixe e camarão aos bobós, vatapás e carurus. Também não deixe a cidade sem provar o famoso bolinho de tapioca e coco, frito e polvilhado com açúcar e canela.

Queijos em todo o território nacional

Bambu Productions via Getty Images

Segundo Rizzo, os queijos artesanais estão na moda e já é possível encontrá-los em diversas partes no Brasil. "Há vários lugares que vendem Canastras, Serros e Araxás. Mas nada se compara ao prazer de prová-los in loco, comprado da mão do produtor ou nos mercados municipais de Minas Gerais", finalizou a chef.