NOTÍCIAS
02/07/2018 12:51 -03 | Atualizado 02/07/2018 17:10 -03

Com gols de Neymar e Firmino, Brasil vence México e vai às quartas de final na Copa da Rússia

Vitória por 2 a 0 coloca Seleção no caminho de Japão ou Bélgica nas quartas.

Neymar (10) sai correndo para comemorar seu gol seguido por Paulinho e Gabriel Jesus: após sufoco, classificação às quartas de final.
Matthew Ashton - AMA via Getty Images
Neymar (10) sai correndo para comemorar seu gol seguido por Paulinho e Gabriel Jesus: após sufoco, classificação às quartas de final.

O sonho do hexacampeonato mundial está mais vivo do que nunca. Não foi fácil, mas a Seleção Brasileira bateu o México por 2 a 0 nesta segunda-feira (2) e avançou para as quartas de finalda Copa da Rússia.

Apesar das dificuldades impostas pelos rivais mexicanos, a Seleção fez valer a melhor qualidade técnica para escapar da forte marcação e, nas oportunidades que surgiram, construir o placar favorável com gols de Neymar e Roberto Firmino, ambos no segundo tempo.

Neymar, como era esperado, chamou a responsabilidade para si e foi determinante para a vitória, comandando as ações ofensivas e abrindo espaços para PhilippeCoutinho e companhia confundirem a marcação rival.

Sergei Bobylev via Getty Images
Ochoa foi o melhor jogador do México na partida contra a Seleção Brasileira.

Primeiro tempo complicado

Os primeiros 45 minutos do duelo deixaram o torcedor brasileiro preocupado. O México encarou o Brasil de igual para igual, criou problemas para Alisson e, para piorar, encontrou em Ochoa um verdadeiro "paredão".


Neymar protagonista

No segundo tempo brilhou mais forte a estrela de Neymar, que teve literalmente que se atirar na bola para tirar a Seleção do sufoco.

Logo no início da etapa final, Willian bateu forte, cruzado para a área e o camisa 10, de carrinho, tirou o grito de gol da garganta da torcida: 1 a 0 e classificação garantida.


Neymar voltou a chamar a atenção das câmeras ao levar um pisão de um rival mexicano quando estava deitado no chão. O árbitro foi avisado pelo VAR (juiz de vídeo), mas não detectou qualquer irregularidade.

O gol do desabafo

No finzinho do segundo tempo veio o fim da agonia. Roberto Firmino, que havia acabado de entrar em campo no lugar de Philippe Coutinho, superou Ochoa pela segunda vez, fez 2 a 0 e selou a classificação brasileira.

Quartas de final

A Seleção terá seu próximo desafio na sexta-feira (6), às 15 horas (de Brasília), contra a Bélgica, que bateu o Japão de virada por 3 a 2, também nesta segunda, e assegurou presença entre as 8 melhores do mundo.

Hannah Mckay / Reuters
Marcelo ficou no banco contra os mexicanos e pode retomar a posição de titular nas quartas de final.

Reforços nas quartas

O técnico Tite deverá ter dois importantes reforços à disposição para o duelo das quartas de final: o lateral-esquerdo Marcelo, que ficou no banco nesta segunda, e o atacante Douglas Costa, que se lesionou na vitória sobre a Costa Rica.

Danilo, que também se lesionou no início da competição, foi liberado, mas ficou no banco por opção técnica de Tite, que preferiu prestigiar o corintiano Fagner.

Casemiro fora

Se terá Marcelo e possivelmente Douglas Costa à disposição, Tite terá que quebrar a cabeça para substituir outra peça fundamental em seu esquema: Casemiro.

O camisa 5 recebeu cartão amarelo ao impedir um contra-ataque mexicano e, como foi seu segundo na competição, terá de cumprir suspensão automática nas quartas de final.

Fernandinho, Fred e Renato Augusto são, nessa ordem, as primeiras opções para substituir o jogador do Real Madrid.