01/07/2018 17:51 -03 | Atualizado 01/07/2018 18:39 -03

Nos pênaltis, Rússia e Croácia vencem e se enfrentam nas quartas de final da Copa

Espanha e Dinamarca se despediram do Mundial neste domingo (1) e voltam para casa.

PA Wire/PA Images
Yury Gazinsky comemora classificação inédita da Rússia para as quartas de final de uma Copa do Mundo.

O domingo (1) na Copa da Rússia definiu o segundo duelo das quartas de final da competição depois de duas partidas bastante disputadas e decididas com o mesmo tom dramático: na disputa por pênaltis.

Primeiro foi a vez da Rússia, anfitriã do torneio, proporcionar um momento de puro êxtase aos torcedores de todo o país ao empatar com a Espanha no tempo regulamentar para, nos pênaltis, mandar a campeã mundial de 2010 de volta para casa.

No jogo da tarde, mais emoção e os pênaltis como protagonistas... Desde a prorrogação. Restando 4 minutos para o fim do duelo entre Croácia e Dinamarca, Modric teve a chance de definir a virada e a vitória croata, mas cobrou pênalti nas mãos do goleiro Schmeichel: 1 a 1 e nova decisão na "loteria" dos pênaltis.

Robbie Jay Barratt - AMA via Getty Images
Schmeichel salta para defender pênalti cobrado por Modric na prorrogação e evitar derrota dinamarquesa.

O pênalti perdido na prorrogação não abalou os nervos dos croatas que, mesmo parando mais duas vezes nas mãos de Schmeichel, venceram por 3 a 2 e também carimbaram a passagem de volta para casa. A Croácia, agora, terá a chance de estragar a festa dos empolgados russos nas quartas de final.

MLADEN ANTONOV via Getty Images
Akinfeev defendeu duas cobranças de pênalti e ajudou a Rússia a avançar às quartas de final.

Herói russo

O goleiro Akinfeev foi o grande herói da partida, com ótima atuação com a bola rolando e ainda defendendo duas cobranças de pênalti dos espanhóis.

Essa é a primeira vez que a Rússia chega às quartas de final de uma Copa. Desde de a extinção da União Soviética os russos participaram de 4 Mundiais (contando a atual edição), mas sempre com campanhas bastante discretas.

A Rússia foi eliminada na primeira fase nas Copas de 1994, 2002 e 2014, ficando fora das edições de 1998, 2006 e 2010. Agora, Akinfeev e companhia parecem dispostos a fazer história de uma vez por todas.

Croácia no caminho

Robbie Jay Barratt - AMA via Getty Images
Croácia saiu atrás no placar, mas buscou virada e eliminou Dinamarca.

O próximo desafio russo não será fácil. Primeira colocada em um grupo que tinha Argentina, Islândia e Nigéria na primeira fase, a Croácia mostrou futebol "de gente grande" e se classificou com 100% de aproveitamento.

Nas oitavas de final, além do bom futebol, sobrou controle emocional para eliminar a Dinamarca neste domingo. Após sair atrás logo no início da partida, a Croácia não se abalou, buscou o empate nos minutos seguintes e, mesmo perdendo um pênalti no finzinho da prorrogação, manteve os nervos no lugar para, na disputa por pênaltis, vencer por 3 a 2.

Classificados, croatas e russos medirão forças em uma partida que promete ser eletrizante pelas quartas de final no sábado (7), as 15 horas (de Brasília), no Fisht Stadium, em Socchi.