NOTÍCIAS
27/06/2018 16:51 -03 | Atualizado 27/06/2018 18:38 -03

Brasil bate a Sérvia, passa em 1º e encara México nas oitavas da Copa da Rússia

Paulinho e Thiago Silva marcaram os gols da vitória por 2 a 0 nesta quarta-feira (27).

Seleção comemora vitória e classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo.
AFP/Getty Images
Seleção comemora vitória e classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo.

A Seleção Brasileira venceu a Sérvia por 2 a 0 nesta quarta-feira (27), confirmou a primeira colocação do Grupo E e enfrentará o México nas oitavas de final da Copa da Rússia.

Paulinho, que começou o jogo criticado pela imprensa, mas foi fortemente defendido pelo técnico Tite, deixou o campo como um dos heróis da Seleção, ao marcar o primeiro gol do jogo.

Por ironia do destino, o segundo gol também teve como autor um jogador que chegou a ser dado como "carta fora do baralho" na Seleção: Thiago Silva.

O camisa 2 marcou, de cabeça, o gol que sacramentou a vitória por 2 a 0 e hoje está liberado para chorar... Mas de alegria.

O susto

A vitória que assegurou a classificação teve contornos de drama quando, logo aos 5 minutos, o lateral Marcelo, um dos principais jogadores da Seleção, sentiu dores e deixou o campo mancando, substituído por Filipe Luis.

A 1ª chance

A Seleção demorou 25 minutos para criar uma chance clara de gol e, quando a teve, o chute bem colocado de Neymar parou nas mãos do goleiro Stojkovic, para tristeza do torcedor.

Volta por cima... E alegria!

A explosão de alegria aconteceu aos 36 minutos. Philippe Coutinho, o melhor jogador do Brasil na Copa, deu passe magistral para Paulinho. Criticado pela torcida nos dois primeiros jogos, o jogador do Barcelona invadiu a área e tocou por cima do goleiro Stojkovic: golaço.

Sérvia no "tudo ou nada"

A Sérvia voltou para o segundo tempo disposta a tudo para buscar ao menos o empate e chegou a criar problemas para a defesa brasileira. Em contrapartida, abriu espaços para os contra-ataques e, por pouco, não levou mais gols.

Brilho de Alisson

No pior momento passado pela Seleção no jogo, não foi Neymar, Philippe Coutinho ou mesmo Paulinho (substituído por Fernandinho) quem brilhou, e sim o goleiro Alisson.

O camisa 1 fez ao menos três defesas fundamentais e ajudou a Seleção a manter a cabeça fria na busca pelo segundo gol...

... E ele chegou.

Eleito vilão da Seleção nos últimos tempos, mais pela falta de controle emocional do que pelo futebol propriamente dito, Thiago Silva teve seu momento de glória conta a Sérvia.

O camisa 2, que ganhou a titularidade apenas na estreia da Copa - era reserva de Marquinhos - aproveitou bola levantada na área e, de cabeça, selou a classificação para as oitavas de final.

Anote a data!

O Brasil volta a campo na próxima segunda-feira (2), às 11 horas (de Brasília). A Sérvia, que ficou na terceira posição do grupo, arruma as malas e volta para casa.

Suíça também passa

A Suíça, que empatou por 2 a 2 com a Costa Rica no outro jogo da chave, também conquistou a classificação e terá como rival na próxima fase a seleção da Suécia.

Assista ao editor do Yahoo! Sports, Fernando Olivieri, direto da Rússia: