NOTÍCIAS
26/06/2018 08:40 -03 | Atualizado 26/06/2018 08:40 -03

Argentina X Nigéria: Messi terá rival perfeito para finalmente brilhar na Copa da Rússia

Camisa 10 da Argentina precisa atuar bem nesta terça (26) se quiser manter sua seleção viva no Mundial.

EMPICS Sport
Lionel Messi carrega consigo o peso de manter a Argentina na Copa do Mundo.

Dono de 5 Bolas de Ouro da Fifa, mesmo número do português Cristiano Ronaldo, o argentino Lionel Messi é constantemente criticado por não repetir com a camisa da seleção de seu país o mesmo futebol que apresenta no Barcelona, clube pelo qual construiu sua carreira desde os 13 anos.

Nesta terça-feira (26), o camisa 10 dos hermanos terá a chance de finalmente fazer a diferença e provar que a Argentina não está morta na Copa da Rússia. E o adversário não poderia ser melhor: a Nigéria.

Foi diante dos africanos, na Copa de 2014, que Messi fez uma de suas melhores apresentações com a camisa da seleção argentina, marcando 2 gols e comandando a equipe na vitória por 3 a 2, válida pela 3ª rodada do Grupo F.

Nesta terça, os companheiros dependem novamente de sua genialidade para buscar uma vitória, único resultado que pode manter os argentinos vivos.

Matemática da vaga

Eleito melhor jogadora do Mundial de 2014, Lionel Messi, vice-campeão do torneio, recebeu o prêmio constrangido, pois sabe que não foi, nem de longe, o craque da competição disputada em solo brasileiro há 4 anos.

Agora chegou a hora de brilhar. Se ajudar a Argentina a vencer, Messi levará sua seleção aos 4 pontos na tabela, mas somente a vitória não será suficiente para garantir a classificação.

Aos 31 anos, recém-completados, o jogador está ansioso para levantar o troféu de campeão mundial com a sua seleção e já prometeu fazer de tudo para não ver o sonho terminar.

"Eu já ganhei os torneios mais importantes, mas sou ambicioso até o fim. Eu não gostaria de me aposentar do futebol sem ser campeão do mundo pelo meu país." (Lionel Messi)

Para ficar com a segunda vaga do Grupo D, os hermanos precisam torcer para que a Croácia, já classificada, não perca da Islândia ou, se perder, que não seja por uma diferença grande de gols.

Atualmente a Argentina é lanterna de sua chave, com 1 ponto e saldo negativo de 3 gols. A Islândia também tem 1 ponto, mas saldo melhor: - 2. Esse é o primeiro critério de desempate da Fifa no caso de igualdade de pontos entre duas ou mais seleções.