NOTÍCIAS
24/06/2018 16:54 -03 | Atualizado 24/06/2018 17:02 -03

Inglaterra goleia e “apresenta” novo artilheiro: Os resultados do domingo na Copa da Rússia

Japão e Senegal ficaram no empate e Colômbia eliminou Polônia do Mundial.

Harry Kane marcou três gols contra o Panamá e assumiu artilharia da Copa.
Carlos Barria / Reuters
Harry Kane marcou três gols contra o Panamá e assumiu artilharia da Copa.

A Inglaterra foi o grande destaque do domingo (24) na Copa da Rússia. Comandada por Harry Kane, a campeã mundial de 1966 fez 6 a 1 no Panamá e assumiu a liderança do Grupo G da competição, com os mesmos 6 pontos da Bélgica e o mesmo saldo de gols, mas com um cartão amarelo a menos.

Além de assegurar vaga nas oitavas de final e de classificar a rival belga, adversária da última rodada do grupo, a Inglaterra ainda "apresentou" ao mundo um novo artilheiro: Harry Kane.

Autor de três gols na goleada, o atacante do Tottenham, de apenas 24 anos, chegou aos 5 na Copa, ultrapassou Cristiano Ronaldo e Lukaku e assumiu a ponta da tabela de artilheiros do Mundial da Rússia – aposta improvável antes do início da competição.

Senegal e Japão

Andrew Couldridge / Reuters
Senegal e Japão empataram por 1 a 1 e dependem das próprias forças para se classificar.

O segundo jogo do domingo reuniu Japão e Senegal, líderes do Grupo H após baterem Colômbia e Polônia, respectivamente.

O empate por 2 a 2 levou as duas equipes aos 4 pontos na tabela e deixou ambas em situação bastante confortável, precisando somente de um empate cada uma na rodada final para assegurarem presença nas oitavas de final.

Colômbia elimina Polônia

Jorge Silva / Reuters
Mina (13) faz sua tradicional dancinha e mantém Colômbia viva na luta por vaga. Polônia está eliminada.

O último jogo do dia reuniu Colômbia e Polônia e teve como atração extra a presença do árbitro mexicano Cesar Ramos, o mesmo que prejudicou a Seleção Brasileira no empate com a Suíça, na estreia do Mundial.

Quem perdesse o duelo daria adeus à Copa da Rússia neste domingo e, por conta disso, o encontro entre sul-americanos e europeus foi carregado de tensão.

Melhor para a Colômbia, que contou com a estrela do ex-palmeirense Yerry Mina, zagueiro que hoje está no Barcelona-ESP, para abrir o caminho da vitória por 3 a 0 e manter viva a chance de classificação para a próxima fase.

Falcão Garcia, maior artilheiro da história da seleção colombiana, finalmente marcou um gol em Copas do Mundo, enquanto Cuadrado completou o placar que eliminou a Polônia do Mundial.

Para assegurar a vaga às oitavas, a Colômbia precisa ao menos empatar com Senegal na próxima fase, e torcer para o Japão perder para a eliminada Polônia.

Assista ao editor do Yahoo! Sports, Fernando Olivieri, direto da Rússia: