22/06/2018 12:18 -03 | Atualizado 22/06/2018 12:50 -03

Philippe Coutinho? Torcida se derrete por Douglas Costa após vitória do Brasil sobre a Costa Rica

Camisa 11 marcou o primeiro gol, mas o 7 saiu do banco para incendiar a partida desta sexta (22).

MB Media via Getty Images
Douglas Costa teve desempenho elogiado pela torcida brasileira no jogo contra Costa Rica.

Terminada a partida em que a Seleção Brasileira bateu a Costa Rica por 2 a 0 nesta sexta-feira (22), pela Copa da Rússia, o meia Philippe Coutinho, autor do primeiro gol, foi eleito o melhor em campo pela Fifa. E comemorou.

"Uma emoção muito grande. Jogo muito difícil desde o primeiro minuto. A gente tentando, chutando de fora da área. No final fomos premiados pela dedicação do grupo. Merecemos a vitória", resumiu.

Na visão da torcida, no entanto, o craque do jogo atende por outro nome: Douglas Costa. O camisa 7 começou o duelo no banco de reservas, mas foi acionado por Tite para o segundo tempo. E mudou a cara do jogo.

O atacante da Juventus-ITA, que substituiu Willian nos 45 minutos finais, incendiou o time, criou chances e foi coroado com a assistência que culminou no gol de Neymar, o segundo do jogo.

Douglas Costa: Feliz, mas humilde

Carlos Garcia Rawlins / Reuters
Parceria com Neymar rendeu frutos à Seleção.

Fundamental para a vitória, mas humilde nas palavras. Esse foi Douglas Costa na saída dos vestiários festivos do Brasil após a vitória sobre a Costa Rica.

O jogador confessou que lutou muito para estar entre os 23 convocados para a Copa, mas preferiu exaltar o fim do sofrimento de Neymar, que vinha sendo criticado por suas atuações, ao ajudar o camisa 10 a fazer seu primeiro gol na Copa.

"Ralei pra caramba pra estar na Seleção Brasileira e fiz esforços que ninguém sabe. Fico contente de entrar dessa maneira e poder ter ajudado o Neymar a fazer um gol que foi importante pra ele."

Após a primeira vitória na Copa, Douglas Costa mostrou otimismo em relação às chances de o Brasil caminhar rumo ao hexa.

"Estamos no caminho certo e, juntos, podemos fazer grandes coisas. Confiança nunca deixamos de ter, independente do adversário ou da situação", concluiu.