MUNDO
21/06/2018 11:57 -03 | Atualizado 21/06/2018 14:18 -03

A capa da Time é um resumo da triste política de imigração de Trump

"Welcome to America" (Bem vindo a América), diz a manchete.

"Welcome to America" (Bem vindo a América), diz a manchete.

A revista Time divulgou nesta quinta-feira (21) a capa de sua última edição, em que apresenta o presidente Donald Trump olhando para uma criança assustada que buscava asilo nos Estados Unidos.

A capa é um resumo das recentes ações do governo americano e a sua política de tolerância zero contra a imigração. A fotografia que inspirou a montagem foi feita pelo fotógrafo fa Getty Images, John Moore, que cobre a situação das fronteiras nos Estados Unidos há anos.

A criança que aparece na foto é uma menina de Honduras de apenas 2 anos de idade. Sua imagem viralizou nesta semana em meio à indignação mundial pela política de separação familiar do governo Trump.

John Moore/Getty Images

A criança e sua mãe, cujos nomes não foram divulgados, cruzaram a fronteira dos Estados Unidos saindo México na semana passada. Elas foram apreendidas pelo departamento de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA e levadas para um centro de detenção.

Divulgação

Nas redes sociais, muitas pessoas expressaram preocupação com o destino da menina, já que a política de tolerância zero do governo Trump separa crianças dos pais que enfrentam processos por imigração ilegal. São pelo menos 2 mil crianças que estão vivendo longe de suas famílias.

Na última quarta-feira (20), Trump assinou uma ordem executiva que encerraria sua política. A solução, a partir de então, é deter crianças e pais juntos até que seus processos criminais sejam concluídos.

De acordo com o Daily Beast, a menina hondurenha e sua mãe ainda não foram separadas. Elas estão sendo mantidas juntas em um centro de detenção.

Esta é a terceira semana consecutiva que Trump aparece na capa da Time. Ele foi apresentado na semana passada ao lado do ditador norte-coreano Kim Jong Un. E na semana anterior, Trump foi retratado olhando para seu reflexo em um espelho e vendo-se como um "rei".