NOTÍCIAS
19/06/2018 18:10 -03 | Atualizado 19/06/2018 18:10 -03

Senegal e Rússia surpreendem em 6º dia de Copa. Confira os resultados dos jogos

Anfitrião se classificou após 3 a 1 sobre o Egito.

Senegal surpreendeu a favorita Polônia e venceu com autoridade no encerramento da primeira rodada do Grupo H da Copa da Rússia.
Grigory Dukor / Reuters
Senegal surpreendeu a favorita Polônia e venceu com autoridade no encerramento da primeira rodada do Grupo H da Copa da Rússia.

O 6º dia da Copa da Rússia apresentou surpresas para os torcedores nos jogos que encerraram a primeira rodada dos 8 grupos da competição.

Abrindo o Grupo H, a Colômbia, que conta com craques como Cuadrado e James Rodriguez, foi surpreendida pela correria do Japão, que venceu o jogo por 2 a 1 e frustrou a expectativa criada em torno da estreia dos sul-americanos.

Pouco depois foi a vez dos africanos de Senegal fazerem a alegria dos torcedores que optam por torcer pelo time teoricamente mais fraco quando seu próprio país não está em ação.

Os senegaleses deixaram a Polônia, do artilheiro Lewandowski, na roda. Venceram por 2 a 1 e assumiram a liderança do Grupo H da Copa.

Anfitriões classificados

O dia terminou com a abertura da segunda rodada do Grupo A, e teve a Rússia, anfitriã da competição, classificada antecipadamente.

Após golear a Arábia Saudita por 5 a 0, a seleção da casa encarou o Egito que, mesmo com a estreia de Mohamed Salah, não conseguiu fazer uma boa apresentação e perdeu pela segunda vez na competição: 3 a 1.

O único gol dos egípcios na partida foi marcado justamente pelo camisa 10, em cobrança de pênalti assinalada após interferência do VAR (árbitro de vídeo).

Michael Dalder / Reuters
Salah cobrou pênalti e marcou gol do Egito, mas sua seleção está praticamente eliminada da Copa.

A derrota praticamente eliminou os egípcios da competição e, de quebra, garantiu a vaga antecipada para os russos, que vêm surpreendendo com uma campanha irretocável. Até o momento, foram duas vitórias, 8 gols marcados e apenas 1 sofrido.

Na rodada final, basta um empate à Rússia diante do Uruguai para garantir o primeiro lugar da chave, a menos que os sul-americanos goleiem a Arábia Saudita por sete ou mais gols de diferença no duelo desta terça-feira (20), às 11 horas (de Brasília).