MULHERES
15/06/2018 01:08 -03 | Atualizado 15/06/2018 01:12 -03

Isabelly Morais: A narradora da Fox Sports que fez história no jogo de abertura da Copa da Rússia

Jornalista que começou na Rádio Inconfidência venceu concurso da Fox Sports e estreou nesta quinta-feira (15).

Vencedora do "Narra Quem Sabe", da Fox Sports, estreou na Copa da Rússia e entrou para a História.
Divulgação
Vencedora do "Narra Quem Sabe", da Fox Sports, estreou na Copa da Rússia e entrou para a História.

Isabelly Morais, 20 anos, natural de Itamarandiba, pequena cidade situada no interior de Minas Gerais, fez bonito nesta quinta-feira (14). Em dia em de cerimônia de abertura da Copa da Rússia e de goleada da seleção anfitriã sobre a Arábia Saudita, o nome da mineira também entrou para a História.

A jornalista formada pela Universidade Federal de Minas Gerais se tornou a primeira mulher a narrar uma partida de Copa do Mundo na TV brasileira. Os torcedores aprovaram e acreditam que ela seja "pé quente".


Isabelly foi escolhida pela Fox Sportsjunto de outras duas garotas por meio do concurso Narra Quem Sabe, projetado pela jornalista Vanessa Riche. Além da mineira, Renata Silveira e Manuela Avena também soltarão a voz em jogos do Mundial.

Início de Isabelly Morais no rádio

Protagonista da narração da partida entre russos e sauditas, Isabelly, apesar de jovem, levou para campo uma boa bagagem.

No último dia 7 de novembro, estreou como narradora da Rádio Inconfidência, de Minas Gerais, em uma partida válida pela Série B do Brasileirão 2017.

Emocionada ao fim de seu primeiro trabalho como narradora, projetou seus novos passos, que acabaram se concretizando nesta quinta-feira com bastante êxito.

"Hoje não tenho a dimensão do quanto isso é importante, talvez tenha lá na frente quando vir outras mulheres fazendo isso. O que eu tenho é uma sensação prazerosa de ter essa coragem, de enfrentar um meio muito machista, de levantar a cabeça. O que eu quero é focar no meu sucesso profissional."

A julgar pelo que mostrou em seu primeiro desafio na Copa da Rússia, o sucesso profissional de Isabelly está apenas começando.