NOTÍCIAS
14/06/2018 12:27 -03 | Atualizado 14/06/2018 12:28 -03

Vladimir Putin faz discurso na abertura da Copa da Rússia: 'Temos que defender a compreensão entre os povos'

'Somos todos unidos pelo amor pelo futebol', diz presidente russo, aplaudido ao abrir a Copa do Mundo.

Christian Hartmann / Reuters
Vladimir Putin discursa na abertura da Copa da Rússia.

Em tom de tolerância, o presidente russo Vladimir Putin fez o discurso de abertura da Copa da Rússia nesta quinta-feira (14). A Rússia é conhecida por ser uma nação pouco afeita a manifestações públicas de afeto e orientação sexual, além de protestos políticos. O Itamaraty chegou a recomendar que os turistas brasileiros evitem "demonstrações homoafetivas" em locais públicos.

O discurso do presidente russo foi, porém, em outro sentido, de acordo com a tradução da SporTV:

"Independentemente da nossa casa, do nosso país, todos nós somos unidos pelo amor pelo futebol, por esse esporte tão importante e tão brilhante. E nesse esporte todo mundo se entende. Essa união independe de idioma, de religião. Essa é a força do futebol e do esporte."

"Nós queremos cumprimentar toda a comunidade da Copa do Mundo, esse acontecimento tão grande que acontece pela primeira vez na Rússia", iniciou Putin, seguido de muitos aplausos. "Estamos muito felizes por recebê-los; nós gostamos, amamos. Isso é amor."

Putin recordou sobre a organização da Copa das Confederações, em 2017, quando, segundo ele, tudo na Rússia foi feito para que jogadores, convidados e turistas tivessem uma boa estadia no país.

O presidente russo exaltou a união das nações representadas pelas 32 seleções participantes da competição:

"Nós temos que defender essa força do futebol para as novas gerações. Temos que defender também a compreensão entre os povos", destacou Putin.

"Desejo a todos os times sucesso. E que todos assistam a jogos maravilhosos", concluiu.