NOTÍCIAS
10/06/2018 16:02 -03 | Atualizado 10/06/2018 16:10 -03

Por que a CBF não considera Neymar o 3º maior artilheiro da Seleção?

Padrão da entidade leva em consideração amistosos contra clubes e combinados.

Neymar marcou o segundo gol da Seleção Brasileira na vitória por 2 a 0 sobre a Áustria, no último jogo do time antes da estreia na Copa da Rússia.

Na comemoração, levantou a camisa, passou a gola por trás do pescoço e ergueu os braços, em gesto imortalizado por outro ídolo da torcida verde-amarela, o hoje senador Romário.

Máximo respeito por ti ídolo @romariofaria

Uma publicação compartilhada por Nj 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) em

Ao explicar o motivo do gesto, Neymar, que chegou aos 55 gols com a camisa da Seleção, confirmou o que acabaria virando manchete nas redes sociais e em alguns dos principais veículos esportivos do País e do mundo: estava celebrando o fato de ter alcançado o Baixinho na lista de principais goleadores da equipe.

"Estou muito contente de chegar a essa marca, e quis homenageá-lo de alguma forma. É um ídolo não só para mim, mas para os brasileiros e para o mundo. Tenho o máximo respeito pelo nosso baixola", discursou, na zona mista do estádio Ernst Happel, em Viena.

CBF tem contagem diferente

O que Neymar não sabia, no entanto, é que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não considera que Neymar tenha alcançado Romário na lista de artilheiros da Seleção e se igualado como terceiro principal goleador da história, atrás apenas de Pelé (95) e Ronaldo (67).

A entidade adota, em sua contagem, um padrão diferente do da Fifa. Enquanto a Fifa conta apenas gols marcados em partidas oficiais, apenas diante de outras seleções, a Confederação Brasileira agrega também jogos e gols marcados contra clubes e combinados.

Pela CBF, portanto, Neymar ainda está um gol atrás de Romário, que balançou as redes em 56 oportunidades nos 74 jogos disputados (55 em 70 oficiais). O camisa 10 atual da Seleção fez 55 em 85 jogos oficiais.

Relembre abaixo o gol que colocou Neymar mais perto do top 3 dos principais goleadores da história da Seleção pentacampeã mundial.