POLÍTICA
10/06/2018 10:37 -03 | Atualizado 10/06/2018 11:07 -03

Datafolha sem Lula: Jair Bolsonaro, 19%, Marina Silva, 15%, e Ciro Gomes, 10%

Pesquisa de junho mostra que indecisos, nulos e brancos somam 33% com ausência de Lula nas urnas.

Montagem/Divulgação/Facebook
Jair Bolsonaro, Marina Silva e Ciro Gomes são, no momento, os presidenciáveis que mais pontuam no Datafolha.

A 4 meses das eleições, o novo Datafolha divulgado neste domingo (10) mostra que a ausência de Lula é motivo de indefinição no xadrez eleitoral. Como o ex-presidente foi condenado em 2ª instância e está preso há mais de 2 meses, ele é considerado "ficha suja" e deve ser barrado pela Justiça Eleitoral. Sem Lula, o percentual de indecisos, votos brancos e nulos atinge 33% ou 34% nos cenários testados pelos pesquisadores.

Atrás daqueles que não sabem em quem votam ou ainda não decidiram, estão os seguintes nomes:

Jair Bolsonaro (PSL): 19%

Marina Silva (Rede): 14% (se Jaques Wagner é o candidato do PT) a 15%

Ciro Gomes (PDT): 10% a 11% (se o PT não lançar candidato)

Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

Alvaro Dias (Podemos): 4%

Manuela D'ávila (PCdoB): 1% a 2%

Rodrigo Maia (DEM): 1% a 2%

Os candidatos petistas testados, Jaques Wagner e Fernando Haddad, pontuam 1% cada.

Oscilam entre 0% e 1% Fernando Collor (PTC), Flávio Rocha (PRB), Aldo Rebelo (Solidariedade), Guilherme Boulos (PSol), Henrique Meirelles (MDB), João Amoêdo (Novo), Levy Fidelix (PRTB), Guilherme Afif (PSD) e Josué Alencar (PR). Paulo Rabello de Castro (PSC) não chega a 1% em qualquer cenário.

A pesquisa abrangeu 174 municípios entre os dias 6 e 7 de junho, com um total de 2.824 pessoas e 4 cenários de primeiro turno possíveis à disposição dos eleitores — apenas 1 com Lula.

A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos.

Simulações de segundo turno

Entre os cenários de 2º turno testados, Lula vence todos os adversários. Ele tem 49% contra 32% de Bolsonaro, 46% contra 31% de Marina e 49% contra 27% de Alckmin.

Exceto por Lula, Marina vence os outros candidatos: 42% contra 32% de Bolsonaro, 42% contra 27% de Alckmin e 41% contra 29% de Ciro.

Ciro está empatado tecnicamente com Alckmin (32% a 31%) e com Bolsonaro (36% a 34%), embora esteja numericamente à frente.

Bolsonaro também empata com Alckmin, ambos com 33% das intenções de voto no 2º turno. O deputado, porém, vence Haddad: 36% a 27%. Ciro também ganha de Haddad: 38% a 19%.

Quando o cenário testado não tem Lula nem Marina, a maior proporção é de votos brancos, nulos e indecisos.

Lula em campanha

Apesar de ser praticamente improvável a legalidade da candidatura de Lula, o PT lançou a campanha presidencial dele na sexta-feira passada.

Quando o nome de Lula está disponível para voto, o petista lidera na sondagem. No primeiro turno, teria 30% das intenções dos eleitores, com Jair Bolsonaro aparecendo na segunda posição (17%), Marina Silva em terceiro (10%) e Geraldo Alckmin empatado com Ciro Gomes na corrida, ambos com 6%.