POLÍTICA
10/06/2018 11:12 -03 | Atualizado 10/06/2018 11:15 -03

Bolsonaro ultrapassa Lula na pesquisa espontânea de intenção de voto pela 1ª vez

Após prisão do ex-presidente, caiu de 18% para 10% proporção de menções espontâneas ao nome dele.

AFP/Getty Images
Jair Bolsonaro é lembrado espontaneamente por 12% dos brasileiros.

Pela primeira vez, Jair Bolsonaro ultrapassa Lula na pesquisa espontânea de intenção de votos do Datafolha. Ou seja, quando não há uma lista de opções apresentada ao eleitor, o nome de Bolsonaro está sendo mais lembrado que o de Lula. Os dados foram divulgados neste domingo (10).

No levantamento feito na semana passada, 46% responderam aos pesquisadores que não sabiam em quem votariam. Outros 23% disseram que anulam o voto ou votarão em branco. Já 12% lembraram o nome de Bolsonaro e 10%, o de Lula.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos para mais ou para menos, mas Bolsonaro tem vantagem numérica.

Em setembro do ano passado, 48% não sabiam, 18% responderam Lula, 18% voto nulo ou branco e 9% escolhiam Bolsonaro.

Como o ex-presidente foi condenado em 2ª instância, pelo caso do tríplex no Guarujá (SP), e está preso há mais de 2 meses, ele é considerado "ficha suja" e deve ser barrado pela Justiça Eleitoral.

Sem Lula, o percentual de indecisos, votos brancos e nulos atinge 33% ou 34% nos cenários testados de pesquisa estimulada.

Nesse caso, Jair Bolsonaro tem 19% de intenções voto, Marina Silva, 15%, e Ciro Gomes, 10%.

A pesquisa abrangeu 174 municípios entre os dias 6 e 7 de junho, com um total de 2.824 pessoas e 4 cenários possíveis à disposição dos eleitores — apenas 1 com Lula.