NOTÍCIAS
10/06/2018 09:02 -03 | Atualizado 10/06/2018 09:02 -03

Brasil X Áustria: O que esperar do último amistoso antes da Copa da Rússia

Adversário está fora do Mundial, mas venceu a Alemanha em duelo recente e pode ser bom teste.

Neymar participará do amistoso contra a Áustria, mas, provavelmente, não durante todo o tempo.
Rafael Ribeiro/CBF/Divulgação
Neymar participará do amistoso contra a Áustria, mas, provavelmente, não durante todo o tempo.

A Seleção Brasileira terá seu último teste antes de estrear na Copa da Rússia neste domingo (10), a partir das 11 horas (de Brasília), diante da Áustria, em Viena. E deve encontrar ainda mais dificuldades do que teve na vitória por 2 a 0 sobre a Croácia.

A seleção austríaca não conseguiu classificação para a Copa do Mundo, mas, nem por isso, pode ser considerada uma rival fácil de ser batida. Prova disso foi a vitória em cima da Alemanha, em duelo disputado no mesmo dia em que o Brasil bateu os croatas em Liverpool.

O técnico Tite espera ter pela frente um adversário que apresenta estilo de jogo semelhante ao da Suíça, primeiro rival brasileiro na Copa da Rússia, dia 17, na Arena Rostov.

"Os adversários não caíram do céu. A Croácia tem um estilo parecido com o da Sérvia, e a Áustria jogou as Eliminatórias com uma linha de 5, bem rígida. São seleções com esquemas semelhantes aos utilizados pelas equipes que enfrentaremos na Copa", explicou Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF.

Números favoráveis

Apesar de se tratar de um rival traiçoeiro, a Áustria, até hoje, não causou grandes problemas ao Brasil. Em 9 jogos disputados, a Seleção Brasileira acumulou 7 vitórias e 2 empates, com 14 gols marcados e somente 5 sofridos.

O último encontro foi em novembro de 2014 e, na ocasião, o Brasil venceu por 2 a 1, com Roberto Firmino balançando as redes pela primeira vez com a camisa verde-amarela.

Relembre abaixo como foi a vitória brasileira no último encontro com os austríacos, época em que a Seleção ainda era comandada por Dunga.