COMIDA
30/04/2018 14:16 -03 | Atualizado 30/04/2018 14:26 -03

Chocolate reduz estresse e melhora a memória, diz estudo

Além disso, o chocolate amargo melhora o humor e até turbina a imunidade.

Reprodução

Próxima vez que você se sentir estressado, coma uma pequena barra de chocolate. Além de ser gostoso, o chocolate pode efetivamente ajudar a diminuir os níveis de estresse, segundo uma nova pesquisa da Loma Linda University Health, no Sul da Carolina, Estados Unidos.

De acordo pesquisadores, o consumo de chocolate amargo (com mais de 70% de cacau) tem efeitos positivos na saúde cerebral, diminuindo os níveis de estresse e inflamações.

Além disso, o chocolate amargo pode melhorar o humor, a memória e até a imunidade -- confirmando o que todos nós já sabíamos: o chocolate é a maior invenção do planeta!

Os benefícios do chocolate são dos flavonóides, potentes antioxidantes e agentes anti-inflamatórios presentes no cacau.

"Por anos pesquisamos a influência do chocolate nas funções neurológicas partindo do açúcar presente na barra de chocolate -- e sabemos que mais açúcar, mais felizes ficamos", disse Dr. Lee S. Berk, um dos pesquisadores da Universidade.

"Esta é a primeira vez que mensuramos o impacto das propriedades do cacau. Esses estudos nos mostram que maior a concentração de cacau no chocolate, maiores são os benefícios para a nossa memória, humor e imunidade."

Mas não é por causa disso que você está liberado a comer quilos de chocolate amargo por dia. Em entrevista ao HuffPost Brasil sobre alimentos capazes de combater a ansiedade, o médico Patrick Rocha, presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas, afirma que o ideal é comer todos os dias uma barrinha de aproximadamente 40 gramas de chocolate com, no mínimo, 70% cacau.

Abaixo disso, ressalta o médico, o chocolate terá açúcar e gordura hidrogenada e, por isso, causará um efeito inverso. "A pessoa cairá no ciclo que disse: mais açúcar no sangue, pico de glicose e mais vontade de comer e ansiedade."