COMPORTAMENTO
30/04/2018 11:55 -03 | Atualizado 30/04/2018 11:57 -03

5 documentários que vão te ajudar na 1ª entrevista de emprego

Encarar a 1ª entrevista de emprego exige preparo técnico e também emocional.

Weekend Images Inc. via Getty Images
5 documentário disponíveis na Netflix que podem te ajudar durante a sua entrevista de emprego.

Encarar a 1ª entrevista de emprego exige preparo técnico e também emocional. Ingressar no mercado de trabalho é uma oportunidade de se desenvolver profissionalmente, mas também de se conhecer.

Por mais que um profissional tenha um bom currículo e ótimas referências, algumas características como resiliência, comunicação e empatia precisam ser desenvolvidas diariamente.

Em entrevista ao HuffPost Brasil, Rodrigo Vianna, CEO da Mappit, consultoria especializada em recrutamento e seleção de jovens em início de carreira, compartilha algumas dicas para quem está ingressando no mercado de trabalho.

Para ele, a chamada geração millenial não pode ser generalizada. Vianna acredita que o principal diferencial dessa geração está na capacidade de executar múltiplas tarefas e ter um interesse amplo por diversos temas.

"Por terem essa habilidade, eles querem que as companhias sejam tão flexíveis quanto eles. Há um movimento importante das organizações de se estruturarem para receber estes jovens que chegam cheio de expectativas e também anseios. É uma adequação dos dois lados", compartilha o executivo em entrevista ao HuffPost Brasil.

Mas o jovem que está iniciando sua carreira precisa ter em mente que cada organização tem uma cultura diferente. O ideal é sempre procurar um ambiente que faça sentido para o nosso perfil.

"Antes de procurar emprego, ou participar de um processo seletivo, o profissional precisa fazer a lição de casa e tentar descobrir o máximo de informações possível a respeito da empresa, aproveitando a oportunidade nas entrevistas para tirar as dúvidas que ainda restaram após as pesquisas", diz Vianna.

Selecionamos 5 documentário disponíveis na Netflix que podem te ajudar durante a sua entrevista de emprego. Veja a lista:

Chef's Table

A série documental da Netflix tem 3 temporadas com 6 episódios, e em cada um deles apresenta um pouco da história dos mais renomeados chefs de cozinha do mundo.

De acordo com Vianna, o documentário reforça competências necessárias para quem quer crescer na carreira ao retratar a jornada que cada chef teve. Esforço, dedicação, comprometimento, entusiasmo e liderança são alguns dos atributos apresentados pelos personagens que também são importantes para o mercado de trabalho.

Outro aspecto interessante de observar é como cada um dos chefs relacionou a vida pessoal com a profissional, além de poder conhecer um pouco mais das fontes de inspiração de cada um dos cozinheiros.

The Final Year

O documentário faz um registro do último ano da gestão de Barack Obama como presidente dos Estados Unidos, a partir da ótica de sua política externa. A equipe de filmagem acompanhou as últimas viagens de Obama como presidente. Vianna acredita que o filme nos ajuda a compreender melhor quais são os desafios de trabalhar em um ambiente de pressão.

Além disso, o documentário aborda um momento de encerramento de ciclo, que permite a reflexão sobre a importância de deixar um legado em qualquer atividade que nos dedicamos.

On Yoga: Arquitetura da Paz

O documentário mostra a jornada do fotógrafo Michael O'Neill pelo universo da ioga durante 10 anos. Ele se aprofundou na atividade para tentar solucionar uma lesão que o impediria de fotografar.

De acordo com o Vianna, este documentário retrata a busca de um profissional bem-sucedido por soluções e alternativas que não o impedissem de continuar a realizar o seu sonho. Para o profissional, pensar em soluções fora da zona de conforto nos ajuda a enxergar o contexto para além das dificuldades.

Gun Runners

Gun Runners é um documentário sobre dois ex-guerreiros tribais quenianos que trocaram suas armas por tênis para se tornarem corredores de maratona profissionais. Para Vianna, a trajetória dos quenianos nos ensina uma importante sobre como somos responsáveis pelas nossas escolha. "Nós precisamos cavar oportunidades, estarmos sempre nos desenvolvendo e pensar o que queremos para o futuro no curto, médio e longo prazo", compartilha.

Restless Creature

Wendy Whelan é uma das bailarinas mais admiradas dos últimos tempos. "Se eu não dançar, eu prefiro morrer", é uma de suas frases mais conhecidas. Porém, aos 40 anos, o New York City uma lesão séria em seu quadril exigiu que ela fizesse uma cirurgia. Ao se dar conta de que sua carreira de sucesso poderia estar chegando ao fim, a bailarina não se deixou levar pelo emocional e decidiu tomar uma decisão mais racional que mudou a sua vida completamente: encerrou suas participações nos palcos. Ao deixar o ballet clássico, ela começa a enxergar outras oportunidades e vê que é possível se reinventar e continuar fazendo o que ama. Para Vianna, saber a hora de desapegar de certas atividades e ter a capacidade de se reinventar é muito importante para o mercado de trabalho.