ENTRETENIMENTO
28/04/2018 15:31 -03 | Atualizado 28/04/2018 15:45 -03

Vingadores - Guerra Infinita: As Joias do Infinito e o que mais você precisa saber antes de ver o filme

Uma década depois, super-heróis da Marvel se reúnem em um épico que muda a p#$*% toda.

Divulgação
Na linha de frente, da esq. para a dir.: Okoye (Danai Gurira), Pantera Negra (Chadwick Boseman), Steve Rogers (Chris Evans), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Soldado Invernal (Sebastian Stan).

Dez anos e 18 filmes depois, todos (ou quase todos) os super-heróis Marvel se unem no épico Vingadores: Guerra Infinita, dirigido pelos irmãos Joe e Anthony Russo.

É mais um clímax — e, até este momento, o principal — da gigantesca franquia cinematográfica, no qual eles enfrentam o titã alienígena Thanos, cuja cruzada pela galáxia pode deixar trilhões de mortos pelo caminho.

É o terceiro longa-metragem do grupo, o 19º da série e o primeiro em que eles ficam cara a cara com o antagonista. Esta "brincadeira" custou para o Marvel Studios, hoje subsidiário da Disney, um investimento de aproximadamente US$ 400 milhões (mais de R$ 1 bi).

Pode até parecer exagero, mas tenha certeza disso: Guerra Infinita, por mais gigantesco que seja, dá muitos sinais de que o quarto filme, que encerra o ciclo de aventuras centradas apenas nos Vingadores e estreia em maio de 2019, será ainda maior (as filmagens já estão concluídas e o título ainda não foi definido).

Além dos heróis já amados pelos fãs, a produção também traz vários coadjuvantes e antagonistas que apareceram nos últimos anos, como Loki (Tom Hiddleston); Shuri (Letitia Wright), a irmã do Pantera Negra; e Ned (Jacob Batalon), o hilário e carismático amigo de Peter Parker.

Crítica e espectadores estão empolgadíssimos com Guerra Infinita — e as projeções de bilheteria são tão épicas quanto o próprio filme, que mal chegou aos cinemas mundo afora e já faturou US$ 95 milhões só em bilheteria. Um dos maiores orçamentos da história do cinema também promete uma das maiores arrecadações.

Há bastante informação para preparar você e esclarecer o enredo e o que está em jogo. Sem spoilers, o HuffPost Brasil te ajuda nisso com este "esquenta". Leia abaixo.

O que são as Joias do Infinito?

São sete pedras (ou gemas, como são chamadas nos quadrinhos) que surgiram com o Big Bang e exercem diferentes poderes sobre aspectos do universo: espaço (azul), mente (amarela), poder (roxo), tempo (verde), realidade (vermelha) e alma (laranja).

Se você reunisse os poderes cósmicos de Beyoncé, Barack Obama e Jesus Cristo, as joias ainda sairiam ganhando. Ou seja, é muito poder, muito mesmo.

Em resumo, a do espaço aparece e tem papel-chave em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011) e Os Vingadores (2012), dentro do Tesseract; a da mente está Vingadores: Era de Ultron (2015) e termina na testa de Visão (Paul Bettany); a da realidade, em Thor: O Mundo Sombrio (2013); a do poder, em Guardiões da Galáxia (2014); a do tempo, em Doutor Estranho (2017), no qual é chamada de "Olho de Agamotto" e fica em posse do herói; a da alma, ninguém sabe onde está.

Então, caso você queira ficar por dentro ou apenas relembrar das imensas dores de cabeça que os artefatos já causaram para os super-heróis, uma boa pedida é ver os filmes mencionados acima.

Thanos, "o titã louco", sempre esteve em busca dessas pedras. Na cena pós-créditos de Era do Ultron, ele desiste de conquistá-la por intermédio de seus asseclas, devido à incompetência deles na tarefa. Ele usa uma manopla dourada com uma lacuna para cada uma das joias; quando todas estão reunidas na luva, seus poderes são potencializados e canalizados, o que faz qualquer um que a use ter poder absoluto e irrestrito.

A busca é o ponto de partida do enredo de Guerra do Infinito.

Divulgação
Em performance de captura de movimentos e voz, Josh Brolin interpreta o antagonista dos super-heróis.

Quem diabos é Thanos?

Nascido no planeta Titã, o personagem é retratado no filme como um sujeito obcecado por equilíbrio no universo. Crente de que os recursos são limitados, ele busca as Joias do Infinito para causar um genocídio — pois, para ele, só assim poderá haver vida no mundo. Ele é sobrevivente de uma devastação em Titã causada por superpopulação.

Nos gibis, o grandalhão de pele roxa é obcecado pela morte e esta é sua motivação para buscar os artefatos. Thanos mata a própria mãe e a disseca para descobrir mais a respeito de sua própria fisiologia. A morte, para o personagem, é o grande motivo de sua existência. E também é sua "crush", pois parte em busca das gemas para reconquistar o afeto de uma espécie de manifestação metafísica dela.

Os Vingadores não estavam separados por causa de Guerra Civil. E agora?

Pois é. Em Guerra Civil (2016), o último capítulo da trilogia de Capitão América (Chris Evans), os Vingadores se dividem em dois grupos. O liderado por Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) topa assinar um acordo com a ONU que garante à organização a supervisão e controle dos Vingadores; o outro, liderado pelo Capitão, discorda.

A tensão entre ambas as facções chega ao ponto de os heróis se confrontarem. Guerra Civil encerra com o grupo de Steve Rogers encarcerado e o herói invadindo a prisão para liberá-lo.

Embora sempre tenha sido o "braço-direito" do Capitão, Viúva Negra (Scarlett Johansson) adere ao lado do Homem de Ferro no conflito. Ela termina em um exílio, assim como Rogers e o Soldado Invernal (Sebastian Stan) em Wakanda, a nação liderada pelo Pantera Negra (Chadwick Boseman).

No entanto, a cruzada intergaláctica de Thanos faz todos eles deixarem as diferenças políticas de lado para tentar impedir o titã de causar um genocídio sem precedentes.

A partir daí é com você — só vendo o filme para descobrir o que acontece, como acontece e como termina.

Divulgação
Da esq. para dir.: Homem-Aranha (Tom Holland), Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Drax (Dave Bautista), Senhor das Estrelas (Chris Pratt) e Mantis (Pom Klementieff).

Quais filmes virão depois?

Anote aí na sua agenda estes que já foram confirmados, pois com certeza eles vão trazer novidades pelas quais você vai ficar ávido após ver Guerra Infinita:

Homem Formiga e a Vespa (estreia ainda neste ano, em 5/7);

Capitã Marvel (março de 2019)

Sequência de Vingadores: Guerra Infinita (maio de 2019);

Sequência de Homem-Aranha: De Volta ao Lar (julho de 2019);

Guardiões da Galáxia Vol. 3 (2020).

Viúva Negra e o grupo Eternos podem estar próximos de terem seus próprios filmes, segundo notícias recentes. O Marvel Studios tem trabalhado com roteiristas para desenvolver abordagens e histórias para os personagens — Eternos seria focado em Sersi —, mas por ora, nada foi definido.

A boa notícia para os fãs é que todo-poderoso Kevin Feige, presidente do estúdio, já confirmou que eles planejam lançar filmes até 2028.

Vingadores: Guerra Infinita entrou em cartaz na última quinta-feira (26). Tem 149 minutos de duração, classificação indicativa 12 anos e distribuição da Disney. Veja o trailer abaixo:

13 lições de diversidade dos HQs de heróis