MUNDO
28/04/2018 18:32 -03 | Atualizado 29/04/2018 10:45 -03

Donald Trump e Emmanuel Macron: Um clima de 'bromance' no ar

Visita do presidente da França aos EUA chamou a atenção pela troca de gentilezas.

Kevin Lamarque / Reuters
Trump e Macron dão as mãos enquanto caminham na parte externa da Casa Branca.

Apertos de mãos efusivos, beijos, elogios e até um passeio de mãos dadas. Esses gestos chamaram a atenção durante o encontro entre Emmanuel Macron eDonald Trump.

Acompanhado da primeira-dama Brigitte, o presidente da França chegou à Casa Branca na segunda-feira (23) para uma visita de três dias. E o que se observou na sequência foi um clima de "bromance".

De cara, Macron surpreendeu o presidente dos EUA com dois beijos no rosto – cumprimento prontamente correspondido por Trump.

Na terça foi a vez do francês observar uma investida carinhosa do colega norte-americano, que resolveu limpar seus ombros antes de posarem para fotos.

JIM WATSON vía AFP/Getty Images

"Na verdade, vou tirar um pedacinho da caspa daqui. Só um pedacinho. Temos que deixá-lo perfeito. Ele é perfeito. É realmente ótimo estar com você. E você é um amigo especial. Obrigado", disse Trump, sorridente.

O episódio provocou risos entre jornalistas e assessores que acompanhavam o evento.

Conhecido pelo temperamento explosivo, Trump tratou Macron com gentilezas durante toda a programação da visita. Afirmou mais de uma vez que o francês era seu amigo e declarou que ele será "um ótimo presidente para a França".

Entre tapinhas mútuos nos ombros e trocas de sorrisos, uma cena em especial chamou a atenção nessa visita: ao deixarem uma ala da casa Branca para se dirigirem ao Salão Oval, Trump segurou a mão de Macron e os dois caminharam alguns passos de mãos dadas.

No vídeo abaixo, você acompanha uma compilação das trocas de gentilezas:

O casal Macron e Brigitte foi primeiro a ser recebido por Donald Trump em uma visita de Estado.

Analistas consideram que o francês fracassou em seu principal objetivo nesse encontro: evitar que Trump retire os EUA do acordo nuclear com o Irã - que deve ser renovado no dia 12 de maio.

Mas foi feliz ao conquistar maior projeção política. A boa relação com Trump pode ajudar a França a conquistar o posto de liderança global – papel que, na atual conjuntura, caberia à Alemanha.

Photo galleryHomens famosos derrubam estigma da saúde mental See Gallery