ENTRETENIMENTO
20/04/2018 12:25 -03 | Atualizado 20/04/2018 13:12 -03

A vitória de Gleici no BBB18 virou palanque para políticos brasileiros

1º participante do reality vinda do Acre, Gleici levou para casa 1,5 milhão de reais.

Divulgação/Globo
Gleici derrotou Kaysar e família Lima com 57% dos votos.

A vitória de Gleici Damasceno no Big Brother Brasil 18 deixou o nicho dos fãs de reality show, tornando-se assunto também entre políticos.

Na noite desta quinta-feira (19), diferentes figuras da política nacional resolveram parabenizar a primeira participante do Acre a entrar no programa - ressaltando dados da biografia dela.

A pré-candidata à Presidência da República Marina Silva (Rede) saudou sua conterrânea com uma mensagem que também cutuca aqueles que fazem piada com a existência do Estado da região norte.

O deputado Jean Wyllys (PSol) postou uma foto da estudante de psicologia em seu Instagram e celebrou a trajetória de vida dela em um longo texto.

"Eu reconheci grande parte de minha história na história dessa ativista dos direitos humanos que defende suas posições de forma incisiva e não se deixa ser menosprezada e subestimada por ser quem é", escreveu o parlamentar.

"Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome!" Essa frase de Maiakovski, citada por @caetanoveloso em sua canção, é a ilustração da merecida vitória da acreana @gleicidamasceno no #BBB18. Ela dedica sua vida e trava batalhas diárias para impedir que pessoas morram de fome e ajude essa gente a brilhar. Eu reconheci grande parte de minha história na história dessa ativista dos direitos humanos que defende suas posições de forma incisiva e não se deixa ser menosprezada e subestimada por ser quem é. Imagino que outros tantos milhões de brasileiros e brasileiras que, através da educação, teimaram em vencer a fome e as injustiças, também se reconheceram em sua história e por isso lhe deram a vitória. Parabéns, amada! Voe alto! ❤

Uma publicação compartilhada por Jean Wyllys (@jeanwyllys_real) em

Já a candidata à Presidência da República Manuela d'Ávila (PCdoB) compartilhou em perfil oficial no Facebook uma mensagem de torcida por Gleici horas antes da final do programa.

"Que lutadora! Que história! Tem a cara do povo brasileiro que busca uma vida melhor superando as marcas da desigualdade", escreveu.

A ex-presidente Dilma Rousseff também aproveitou a ocasião para publicar uma foto em que aparece ao lado da campeã, feita tempos atrás.

"Parabéns a querida Gleici, jovem negra, periférica, militante do movimento negro, atuante nas lutas da juventude por um futuro melhor, feminista, filiada ao Partido dos Trabalhadores", escreveu a ex-presidente na legenda da imagem.

No Twitter, a equipe que gerencia o perfil do ex-presidente Lula também compartilhou uma foto antiga na qual Gleici posa ao lado do petista - atualmente preso depois de condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex.

Lula livre

Assim que encontrou a família na saída do confinamento nesta quinta, Gleici foi avisada pelo irmão que o ex-presidente está preso. De imediato, a campeã gritou "Lula livre!" no palco do programa.

O registro da reação de Gleici repercutiu nas redes sociais, sendo compartilhado por outros expoentes da política nacional como a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) e do senador Lindbergh Farias (PT).

Na saída do confinamento, Gleici abraçou emocionada o apresentador Tiago Leifert. Ao dedicar a vitória à família, ela deixou deixou uma mensagem aos espectadores.

"Esse prêmio é pra minha família, e não mais o que dizer. Obrigada. Acreditem no sonho de vocês. Tudo é possível", declarou.

Moradora da periferia de Rio Branco, capital do Acre, Gleici foi a primeira pessoa de sua família a concluir o Ensino Médio e a ingressar numa universidade. Ativista dos direitos humanos e filiada ao PT, ela é também presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Acre.

Durante participação no programa Mais Você desta sexta (20), a campeã do BBB18 compartilhou um pouco mais sua história.

"Sempre estive, sempre estivemos na invisibilidade. Tentei fazer coisas na minha comunidade, mas sempre foi difícil, as coisas não saem de lá. Sempre tentei levar esperança, queria fazer alguma coisa por todos. Sempre fui muito inquieta."

Ela também fez questão de ressaltar que tem orgulho de sua origem.

"As pessoas nem sabem muito da minha vida, as pessoas não tem noção. É um filme. Mas eu gosto que as pessoas gostem de mim, de quem eu sou, não queria ninguém perto de mim porque sente pena. Tenho orgulho da minha história, não tenho pena do que aconteceu comigo. Como eu estava em um programa dessa dimensão, não queria que as pessoas votassem em mim porque eu preciso de grana."

55 fotos incríveis de meninas no caminho para a escola ao redor do mundo