POLÍTICA
18/04/2018 14:21 -03 | Atualizado 08/07/2018 12:45 -03

Último recurso de Lula no TRF-4 é negado por unanimidade

Defesa ainda pode recorrer ao STJ e ao STF.

Ex-presidente Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão no caso do tríplex.
NurPhoto via Getty Images
Ex-presidente Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão no caso do tríplex.

O último recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no TRF-4 (Tribunal Regional da Federal da 4ª Região) foi negado por unanimidade. Os embargos dos embargos questionavam "omissões e obscuridades" no julgamento que confirmou a condenação de Lula e aumentou a pena para 12 anos e 1 mês de prisão.

No início do julgamento dos embargos, o advogado Cristiano Zanin pediu que o recurso fosse analisado pelo relator do caso, o desembargador João Pedro Gebran Neto, que está de férias.

A expectativa era de que o ex-presidente só fosse preso após o julgamento deste recurso. O tribunal, entretanto, expediu a autorização para a prisão de Lula logo após ele ter tido o habeas corpus que preveniria a prisão negado. Lula está preso desde o dia 7 na Polícia Federal, em Curitiba.

Superada esta fase de recursos no TRF-4, a defesa ainda pode recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex. Além deste, ainda tramitam outros 6 inquéritos contra o ex-presidente.