POLÍTICA
17/04/2018 18:51 -03 | Atualizado 18/04/2018 09:51 -03

Marina Silva pede que denúncias contra Aécio sejam julgadas 'com celeridade e rigor'

Pré-candidata à presidência da República pela Rede usou conta no Twitter para se manifestar sobre decisão do STF.

Marina Silva, candidata da Rede, usou Twitter para pedir celeridade no julgamento de Aécio.
Ueslei Marcelino / Reuters
Marina Silva, candidata da Rede, usou Twitter para pedir celeridade no julgamento de Aécio.

Marina Silva, pré-candidata à Presidência da República pela Rede, se manifestou publicamente sobre a situação do senador Aécio Neves, que virou réu nesta terça-feira (17) por corrupção e obstrução de Justiça.

A decisão da 1ª Turma do Superior Tribunal Federal de aceitar as denúncias contra Aécio foi comentada por Marina em sua conta no Twitter.

Ela usou a rede social para pedir 'celeridade e rigor' na apuração das denúncias contra o ex-candidato à presidência do País.

Marina Silva tem batido constantemente na tecla de que é preciso acabar com o foro privilegiado, mas as críticas a Aécio são recentes. A candidata da Rede apoiou o senador mineiro na disputa contra Dilma Rousseff nas eleições para presidente em 2014.

Silêncio e ironia

Marina, no entanto, foi a única postulante à Presidência da República a se pronunciar sobre a decisão do STF em relação a Aécio Neves. Pelo menos de forma direta.

Jair Bolsonaro, que lidera as intenções de voto quando Luiz Inácio Lula da Silva não é colocado nas pesquisas, também usou o Twitter para falar sobre a decisão, mas com uma ponta de ironia.

O candidato do PSL usou uma manchete antiga do jornal O Globo com uma frase de Aécio Neves negando ser um candidato 'de direita' e comentou: "Hoje tudo faz sentido".