NOTÍCIAS
17/04/2018 15:09 -03 | Atualizado 25/05/2018 12:00 -03

Arena Rostov: O estádio que será palco da estreia do Brasil na Copa da Rússia

Jogo contra a seleção da Suíça acontecerá no dia 17 de junho.

Jogo entre Rostov e SKA-Khabarovsk foi primeiro teste da Arena Rostov, palco da estreia do Brasil na Copa da Rússia.
Sergei Pivovarov / Reuters
Jogo entre Rostov e SKA-Khabarovsk foi primeiro teste da Arena Rostov, palco da estreia do Brasil na Copa da Rússia.

Faltam menos de dois meses para a bola começar a rolar na Copa da Rússia, mas o País corre contra o tempo para deixar todos os 12 estádios do Mundial prontos para receber a principal competição de futebol do planeta.

Sergei Pivovarov / Reuters
Primeiro teste foi aberto para 10 mil pessoas, mas arena estará liberada para 45 mil torcedores na Copa.

A Arena Rostov, palco da estreia da Seleção Brasileira na competição, em jogo marcado para o dia 17 de junho diante da Suíça, foi inaugurada somente no último domingo (15), ainda sem estar 100% pronta para receber a Copa.

Projetada para receber 45 mil espectadores, a arena localizada em Rostov foi inaugurada com liberação somente para 10 mil torcedores no duelo entre os donos da casa (Rostov) e o SKA Khabarovsk, pela 2ª divisão do Campeonato Russo.

Sergei Pivovarov / Reuters
Espaços vazios durante o jogo foram propositais, já que carga de ingressos foi reduzida no primeiro teste da nova arena russa.

O evento-teste terminou com vitória do Rostov por 2 a 0 e foi apenas o primeiro dos três programados para o palco do confronto entre Brasil e Suíça. O estádio deverá ser liberado para 15 mil torcedores no jogo contra o Tonso, no dia 29 de abril, e com capacidade máxima diante do Ural, dia 13 de maio.

Atrasos e estouro no orçamento

A Arena Rostov, no entanto, não é a única que ainda não está pronta para receber os jogos da Copa do Mundo.

Stanislav Krasilnikov via Getty Images
Mordovia Arena, em Saransk, está atrasada, mas em fase final de ajustes para a Copa da Rússia.

Dos 12 estádios prometidos nas 11 cidades-sede da Rússia, 9 foram entregues. No dia 21 estão previstas as inaugurações das arenas de Saransk e Volgogrado. A última a ser inaugurada será a de Samaro, dia 28 de abril.

O orçamento inicial previsto para a Copa do Mundo da Rússia também não conseguiu ficar dentro do estipulado inicialmente. Assim como ocorreu no Brasil em 2014, os valores projetados acabaram ficando somente no papel.

Dmitry Rogulin via Getty Images
Foto tirada no último dia 25 de março mostra situação preocupante na arena em Volgogrado.

O governo russo havia previsto gastos de R$ 36,3 bilhões em obras para sediar a Copa, mas, até o momento, já foram investidos R$ 38,25 bilhões, cerca de R$ 13 bi a mais do que foi gasto no Brasil para sediar o Mundial de 2014.