NOTÍCIAS
17/04/2018 14:31 -03 | Atualizado 14/05/2018 15:04 -03

Seleção Brasileira tem 16 'garantidos' na Copa às vésperas da lista final

Faltam menos de dois meses para a bola rolar no Mundial da Rússia.

Técnico Tite já tem boa parte do grupo da Copa da Rússia fechado. Faltam 7 nomes para completar relação final.
Gonzalo Fuentes / Reuters
Técnico Tite já tem boa parte do grupo da Copa da Rússia fechado. Faltam 7 nomes para completar relação final.

Veja aqui quem está na lista dos 23 convocados por Tite

Está chegando a hora de as torcidas rivais dos clubes de futebol do Brasil se unirem para apoiar a Seleção na Copa do Mundo da Rússia.

Faltam menos de dois meses para o início da competição, e apenas alguns dias para a divulgação da lista final com os 23 escolhidos pelo técnico Tite para tentar a conquista do hexacampeonato em 2018.

Apesar de o grupo ainda não estar fechado, 16 nomes já são dados como certos na relação de convocados que será divulgada pelo treinador no dia 14 de maio para disputar o torneio.

Nas fotos a seguir vocês ficarão sabendo quem já carimbou o passaporte rumo à Rússia e quem ainda briga por vaga no grupo verde-amarelo.

Garantidos

Alisson (Roma)

Considerado o 'Pelé dos goleiros' pelo preparador da Seleção, o tetracampeão Taffarel, Alisson não é unanimidade, mas dificilmente perderá sua condição de titular no Mundial da Rússia.

Alberto Lingria / Reuters
Alisson, da Roma, é o favorito para ser o camisa 1 do Brasil e titular na Copa da Rússia.

Éderson (Manchester City)

O goleiro do milionário time inglês é outro que conta com enorme admiração de toda a comissão técnica e, mesmo não vivendo uma fase excepcional, será o reserva imediato de Alisson na Copa.

Fabrizio Bensch / Reuters
Ederson, do Manchester City, é outro que já carimbou seu passaporte para a Copa da Rússia.

Daniel Alves (PSG)

Dono de um currículo invejável, o lateral-direito do Paris Saint-Germain não apenas está garantido como também é cotado para ser o capitão da seleção na Rússia, tamanha sua moral com o técnico Tite.

FRANCK FIFE via Getty Images
Daniel Alves vive excelente fase no PSG, coleciona títulos e é favorito para ser capitão do Brasil.

Marcelo (Real Madrid)

Pelo outro lado do campo quem está garantido é Marcelo. O jogador do Real Madrid só ficará de fora de sua segunda Copa se sofrer uma lesão que o impeça de jogar.

Soccrates Images via Getty Images
Marcelo tem titularidade inquestionável na lateral esquerda da Seleção Brasileira.

Miranda (Internazionale)

O ex-zagueiro do São Paulo é titular inquestionável da zaga brasileira e também está garantido no grupo. Seu estilo frio em campo é arma para uma competição curta, como a Copa.

Soccrates Images via Getty Images
Miranda é um dos pilares da defesa brasileira e provável titular.

Marquinhos (PSG)

Companheiro de Dani Alves, forma, na visão de Tite, dupla de zaga perfeita para a Seleção.

Getty Images
Marquinhos conquistou seu espaço com muito trabalho e forma dupla elogiada com Miranda.

Thiago Silva (PSG)

Mais um jogador do clube francês que dificilmente ficará fora do Mundial. É o reserva imediato de qualquer um dos dois zagueiros titulares.

Xavier Laine via Getty Images
Thiago Silva se recuperou da marca de 'chorão', mas ainda é apenas opção para a reserva. Mas está garantido na Copa.

Casemiro (Real Madrid)

Volante moderno, que sabe desarmar e sair para o jogo, chegou à Seleção cercado de desconfiança, mas hoje é peça fundamental no esquema de Tite.

Mathias Renner via Getty Images
Casemiro alia boa marcação à qualidade no passe e tem lugar garantido no grupo.

Fernandinho (Manchester City)

Remanescente do 7 a 1 para a Alemanha, seguiu sendo convocado mesmo após o vexame e conta com a confiança do treinador, apesar de parte da torcida ainda torcer o nariz para sua presença no grupo.

Man City via Getty Images
Fernandinho, um dos que se mantiveram após o 7 a 1 de 2014, tem moral com Tite.

Renato Augusto (Benjing Guouan)

Homem de confiança de Tite desde os tempos de Corinthians, garantiu seu lugar na base da experiência, mas terá que se esforçar nos treinamentos para mostrar que não perdeu qualidade atuando no fraco futebol chinês.

Anadolu Agency via Getty Images
Renato Augusto (à esquerda) é homem de confiança de Tite desde os vitoriosos tempos de Corinthians.

Paulinho (Barcelona)

Forma, com Casemiro, a dupla titular de volantes da Seleção e, assim como o ex-são-paulino, chegou sob críticas ao grupo. Alia boa marcação com faro de artilheiro e é candidato a uma das grandes surpresas da Copa.

Getty Images
Paulinho saiu do futebol chinês para jogar no Barcelona, cresceu e continuou em alta na Seleção Brasileira.

Philippe Coutinho (Barcelona)

Meia habilidoso, terá a missão de ser o cérebro do time na Rússia, municiando Neymar e Gabriel Jesus no ataque da Seleção.

Getty Images
Coutinho: bom entendimento com Neymar, Paulinho e Gabriel Jesus será arma da Seleção na Rússia.

Willian (Chelsea)

Apontado como um dos protagonistas da equipe quando Neymar não está em campo, Willian conquistou a torcida brasileira com velocidade, bom posicionamento e, claro, gols. O peso da goleada por 7 a 1 dos alemães não caiu sob seus ombros.

Getty Images
Willian é candidato a dividir protagonismo com Neymar e Gabriel Jesus em campos russos.

Neymar (PSG)

Camisa 10 e principal referência da equipe, Neymar está se recuperando de lesão, mas Tite aguardará até o apito inicial do árbitro do jogo de estreia para convocar seu craque, se puder. Mais confirmado do que ele, só o próprio Tite.

John Sibley / Reuters
Neymar: País torce pela recuperação do camisa 10, craque, referência e principal esperança para conquistar o hexa.

Gabriel Jesus (Manchester City)

Camisa 9 que se encaixou perfeitamente no time, Gabriel Jesus dividirá com Neymar a missão de levar o time à frente. Categoria não falta ao ex-palmeirense, hoje brilhando com a camisa do Manchester City.

Getty Images
Gabriel Jesus vestiu a camisa 9 e não largou mais. Atacante do City é esperança de gols para a Seleção.

Roberto Firmino (Liverpool)

Talvez um dos nomes mais contestados da lista de 'confirmados' até agora. Apesar de ter seu valor, o atacante do Liverpool, da Inglaterra, não conta com a simpatia de boa parte do torcedor brasileiro, que prefere nomes como o do ex-corintiano Jô em seu lugar.

Getty Images
Roberto Firmino é o substituto imediato de Gabriel Jesus e fecha a lista dos confirmados entre os 23 da Copa.

Na luta por um lugar ao sol (ou no frio russo)

Se 16 estão praticamente confirmados, restam 7 espaços no avião para a Rússia. E eles estão sendo disputados em todas as posições do grupo.

No gol, a briga parece restrita ao corintiano Cássio (foto) e a Neto, arqueiro do Valencia, da Espanha. A boa convivência com o camisa 1 do campeão paulista pode pesar na hora da escolha final.

Gonzalo Fuentes / Reuters
Cássio (em pé): Goleiro do Corinthians cresce em momentos decisivos e é velho conhecido de Tite. Briga para ser 3º da posição no grupo.

Nas laterais, Danilo, do Manchester City, briga com Fagner, do Corinthians, para ficar na reserva de Daniel Alves. Pelo lado esquerdo, o suplente de Marcelo deve sair dos nomes de Alex Sandro (Juventus) ou Filipe Luis (Atlético de Madri).

Yves Herman / Reuters
Alex Sandro substituiu Marcelo em amistoso contra o Japão. Lateral da Juve é favorito para ser o reserva da lateral esquerda na Copa.

Quatro nomes também disputam uma vaga para o miolo de zaga. Jemerson (Mônaco), Gil (Shandong Luneng) são opções, mas parecem atrás do são-paulino Rodrigo Caio e do gremista Geromel, que subiu muito no conceito de Tite após os amistosos contra Rússia e Alemanha em março.

Ueslei Marcelino / Reuters
São-paulino Rodrigo Caio não vive boa fase no clube, mas é favorito para fechar o quarteto de zagueiros no Mundial da Rússia.

O meio-campo também tem briga boa, com pelo menos 5 atletas buscando um lugar ao sol. Diego (Flamengo), Lucas Lima (Santos), Giuliano (Fenerbahçe), Arthur (Grêmio) e Hernanes (Hebei Fortune) querem carimbar o passaporte, mas apenas dois deles devem estar no grupo.

Getty Images
Giuliano conta com a confiança de Tite e é um dos favoritos para ficar com vaga no meio-campo. Hernanes, no futebol chinês, corre pela segunda vaga ainda aberta no setor.

Sobra uma vaga para o ataque e o nome anunciado pode causar polêmica. Taison, que jogou com Tite no Internacional e há muito tempo defende, sem muito destaque, o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, aparece como favorito na briga com Luan, do Grêmio e Douglas Costa, da Juventus, que cresceu muito aos olhos do treinador. Diego Souza, do São Paulo, que era apontado como opção, não vem jogando bem e dificilmente será lembrado.

Getty Images
Taison, mesmo contestado, é o grande favorito para fechar quarteto ofensivo com Neymar, Gabriel Jesus e Gabriel Firmino na lista final da Copa.