LGBT
11/04/2018 10:16 -03 | Atualizado 11/04/2018 10:16 -03

Pabllo Vittar canta contra a homofobia em clipe 'Indestrutível'

Vídeo mostra violências contra adolescente gay na escola.

Reprodução/YouTube
Pabllo Vittar lançou clipe "Indestrutível" com cenas que retratam bullying enfrentado por adolescentes gays.

A dor da homofobia começa de um jeito inesperado. Você fala de uma determinada maneira, comporta-se de um certo jeito. E começa a virar alvo.

De deboche. Ofensas.

Agressões verbais e muitas vezes físicas.

Discriminação.

Exclusão.

São tantas violências que os adolescentes LGBT enfrentam ao longo de sua trajetória que às vezes parece difícil acreditar que tudo vai ficar bem.

Mas fica, viu?

Essa é a mensagem de Indestrutível, canção de Pabllo Vitar que ganhou clipe oficial nesta terça-feira (10).

As cenas, em preto e branco, retratam abusos sofridos por um adolescente gay no ambiente escolar, em geral o mais complicado deste período turbulento.

O clipe foi dirigido por Bruno Ilogti, da O2 Filmes.

Um basta à homofobia

O clipe de Pabllo começa com dados sobre a violência contra adolescentes LGBT, mesclados a frases ouvidas por eles: "Acho que essa Coca é Fanta" e "gayzão, bixa".

A cantora dá um basta à homofobia com sua mensagem final:

"São milhares de adolescentes que, assim como eu, sofreram esse tipo de agressão.

Tá na hora de transformar o preconceito em respeito, de aceitar as pessoas como elas são e querem ser.

Tá na hora de olhar na cara da homofobia e dizer: eu sou assim, e daí?"

Clipe Indestrutível comove fãs

No Twitter, os fãs de Pabllo se emocionaram. Houve quem pedisse um Nobel da Paz para a cantora.

A designer pedagógica Gisele Sá fez uma postagem no Facebook enaltecendo as palavras de Pabllo. Para ela, o filho gay é motivo de orgulho. Suas palavras viralizaram:

Esta indestrutível mensagem de Pabllo contra o preconceito e a intolerância merece nossos aplausos!