POLÍTICA
05/04/2018 10:33 -03 | Atualizado 05/04/2018 10:38 -03

72% dos brasileiros rejeitam governo de Michel Temer, diz pesquisa CNI/Ibope

O percentual daqueles que consideram o governo Temer bom ou ótimo foi de 5% em março de 2018.

Já a porcentagem dos que aprovam a maneira como Temer governa manteve-se em 9%.
Ueslei Marcelino / Reuters
Já a porcentagem dos que aprovam a maneira como Temer governa manteve-se em 9%.

A popularidade do presidente Michel Temer (MDB) permanece baixa entre os brasileiros. Segundo pesquisa CNI/Ibope, divulgada na manhã desta quinta-feira (5), 72% dos eleitores avaliaram seu governo como ruim ou péssimo. O percentual daqueles que consideram o governo Temer bom ou ótimo foi de 5% em março deste ano.

Segundo a CNI (Confederação Nacional da Indústria), os indicadores da popularidade de Temer praticamente não mudaram desde a última sondagem, feita em dezembro de 2017. No final do ano passado, o percentual dos brasileiros que avaliavam o governo como ruim era de 74% e, os que o consideravam bom, era de 6%.

Já a porcentagem dos que aprovam a maneira como Temer governa manteve-se em 9% e o dos que confiam no presidente caiu de 9% para 8%.

Entre os gêneros, Temer tem maior rejeição entre as mulheres (70%) do que entre os homens (62). Contudo, sua popularidade aumentou na população com menor nível de renda familiar. Segundo a pesquisa, o percentual que avalia negativamente o governo Temer passou de 79% para 72% em três meses.

Com relação às nove áreas de atuação do governo, como segurança, impostos, taxas de juros, os percentuais também não mudaram muito, com todas elas desaprovadas por ao menos 74% dos entrevistados.

A pesquisa ouviu 2.000 pessoas em 126 municípios entre os dias 22 e 25 de março. A margem de erro estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados.