NOTÍCIAS
01/04/2018 09:09 -03 | Atualizado 01/04/2018 09:09 -03

5 mentiras do futebol mundial para celebrar o 1º de abril

'Venda' da final da Copa de 1998 é uma das mais famosas que envolve o esporte até hoje.

Reprodução/Twitter
O Internacional foi vítima da pegadinha "time grande não cai" e já visitou a Segunda Divisão do futebol brasileiro.

Todo mundo sabe que, no Brasil, dia 1º de abril é o famoso 'Dia da Mentira', né? Então, para não deixar a data passar em branco – e para garantir alguns minutos de descontração neste domingo -, citaremos abaixo 5 das maiores mentiras que sobrevivem há anos no futebol mundial.

1. O Brasil vendeu a Copa de 1998 para a França

Essa é uma das mais famosas (e reutilizadas) mentiras da história do esporte. Desde que a Seleção Brasileira entrou em campo sem o atacante Ronaldo Fenômeno para encarar os franceses (o camisa 9 passou mal na manhã do jogo) e deixou o campo derrotada por 3 a 0, a história se mantém.

Os dirigentes teriam vendido a Copa por milhões de dólares para a França, sede daquela edição do Mundial, e que ainda não tinha um título de tamanha expressão. Além de dinheiro, o Brasil teria assegurado o 'direito' de ser campeão na próxima edição do torneio, em 2002. A Seleção realmente ganhou a Copa da Ásia, mas de forma limpa. De qualquer forma, os boatos aumentaram.

A 'certeza' em torno desse mito era tanta que uma história viralizou nas redes sociais e, hoje, é adaptada para outros cenários, como, por exemplo, a derrota da Seleção por 7 a 1 para a Alemanha em 2014.

2. Time grande não cai

Mais uma enorme mentira criada pelos torcedores. O mito foi por água abaixo pela primeira vez em 2002, quando Palmeiras e Botafogo foram rebaixados juntos para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Desde então, Vasco, Grêmio, Internacional, Corinthians e Atlético-MG também não conseguiram escapar da queda, derrubando definitivamente o mito.

Reprodução/Gerador Memes

3. O Brasil é o País do futebol

Não. O Brasil não é o País do futebol. Apesar de ser a seleção que mais vezes conquistou Copas do Mundo, o Brasil não é o que leva mais torcedores aos estádios e também não é o País em que surgiu o futebol. A história se divide em relação ao local em que o esporte teria nascido – alguns dizem que foi na Inglaterra, outros na China. Mas a certeza é que os campeonatos que mais públicos levam aos estádios são, pela ordem: Alemão, Inglês e Espanhol.

4. Pênalti é loteria

Pênalti, como qualquer outro fundamento do futebol, nada tem a ver com loteria. Basta conversar com qualquer profissional do esporte para constatar que, quanto mais se treina, mais se acerta. Claro que a sorte eventualmente ajuda um cobrador ou um goleiro, mas, na maioria das vezes, o que prevalece é a melhor preparação.

5. "Quando perde um, perde todo mundo"

Bastante utilizada em eliminações, derrotas ou vexames, a frase acima fecha a lista de famosas mentiras que insistem em permear o mundo do futebol. Claro que, ao pé da letra, "quando perde um, perde todo mundo", mas, quando a derrota vem por conta de uma falha individual, o 'um' em questão invariavelmente acaba levando a culpa e esquentando o banco de reservas por um bom tempo.