COMIDA
23/03/2018 17:14 -03 | Atualizado 23/03/2018 17:14 -03

Por que tem plástico na minha garrafa d’água?

Estudo comprovou que 93% das águas em garrafas testadas, que são vendidas no Brasil e em outros países, continham microplásticos.

TeerawatWinyarat via Getty Images

Testes realizados em algumas das marcas de água mais populares do mundo indicaram que quase todas contêm minúsculas partículas de plástico.

A análise foi feita em 259 garrafas d'água, produzidas por 11 marcas e compradas em nove países diferentes. O resultado indica que microplásticos estavam presentes em 93% das amostras.

O estudo, encomendado pelo projeto jornalístico Orb Media, encontrou uma média de 325 partículas plásticas por litro de água.

Algumas garrafas, entretanto, apresentaram concentrações de mais de 10 000 micropartículas de plástico por litro, com pedaços que chegavam a ter a espessura de um fio de cabelo.

Somente 17 das 259 garrafas examinadas pelos cientistas da Universidade Estadual de Nova York, em Fredonia, estavam inteiramente livres de contaminação.

Ainda não está claro se a ingestão de plástico é prejudicial à saúde, mas a Organização Mundial de Saúde anunciou na semana passada uma revisão dos riscos potenciais.

Tipos de plástico encontrados na água em garrafa:

  • Polipropileno (usado nas tampas) – 54%
  • Nylon – 16%
  • Poliestireno – 11%
  • Polietileno – 10%
  • Poliéster/tereftalato de polietileno – 6%
  • Outros – inclui Azlon, poliacrilatos e copolímeros – 3%

Fonte: Orb Media, Universidade Estadual de Nova York, em Fredonia.

As partículas foram detectadas usando o corante Nilo Vermelho, que se conecta com polímeros plásticos.

Embora o estudo não tenha sido revisado por pares, Andrew Mayes, professor de química da East Anglia University, na Inglaterra, desenvolvedor do método do Nilo Vermelho, disse que o resultado é significativo.

"Olhei em detalhes como o estudo foi conduzido e estou satisfeito de que ele tenha sido realizado de maneira cuidadosa e apropriada, como eu faria em meu laboratório."

Como parte dos testes, a Orb Media analisou água comprada nos seguintes países: Estados Unidos, China, Brasil, Índia, Indonésia, México, Líbano, Quênia e Tailândia.

As marcas testadas incluem:

  • Aquafina
  • Dasani
  • Evian
  • Nestlé Pure Life
  • San Pellegrino
  • Aqua
  • Bisleri
  • Erupa
  • Gerolsteiner
  • Minalba
  • Wahaha

Sheri Mason, professora de química da East Anglia University, disse à BBC: "Não se trata de apontar um dedo acusador a certas marcas; a ideia é mostrar que isso acontece em todo lugar, que o plástico tornou-se um material tão onipresente em nossa sociedade que está até na água – um produto básico."

Tanto a marca alemã Gerolsteiner quanto a suíça Nestlé questionaram o resultado do estudo.

A Gerolsteiner afirmou que seus próprios testes "detectaram quantidades significativamente inferiores de partículas de microplásticos por litro". A Nestlé disse que seus testes mostram entre zero e cinco micropartículas por litro.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost UK e traduzido do inglês.