NOTÍCIAS
19/03/2018 18:03 -03 | Atualizado 19/03/2018 20:59 -03

Os 7 cromos mais raros de todas as Copas do Mundo

Álbum oficial da Copa da Rússia está nas bancas e, com ele, a corrida para fechar a coleção.

Divulgação
Álbum da Copa da Rússia chegou às bancas no domingo.

A Copa do Mundo começou domingo (18). Pelo menos para os torcedores. Sabem por quê? Porque o álbum de figurinhas oficial do Mundial da Rússia chegou às bancas e, com isso, deu o pontapé inicial para uma verdadeira febre que toma conta do País de 4 em 4 anos.

A corrida para encontrar aquela figurinha tão desejada para completar a Seleção Brasileira, ou completar o álbum, contagia os amantes – e até os não amantes – do futebol.

Apesar de a editora responsável pelo álbum assegurar que "não há figurinhas mais difíceis de sair", em todas as Copas a história se repete. Alguns cromos simplesmente não aparecem em nossas mãos, não importa quanto dinheiro gastemos.

Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Neymar são os craques mais badalados do momento e, certamente, as figurinhas mais desejadas. Será que serão também as mais difíceis de sair para os colecionadores da edição 2018?

Relembre, a seguir, 7 figurinhas difíceis que fizeram o torcedor suar para conseguir em edições passadas dos álbuns de Mundiais.

1. 1970: Pelé (Brasil)

Divulgação

2. 1974: Cruyff (Holanda)

Divulgação

3. 1986: Maradona (Argentina)

Divulgação

4. 1990: Matthaus (Alemanha)
Divulgação

5. 1994: Romário (Brasil)

Divulgação

6. 1998: Thierry Henry (França)

Divulgação

7. 2006: Ronaldinho Gaúcho (Brasil)

Divulgação

Quanto custa um álbum de figurinhas?

Mas quanto custa para entrar na brincadeira e completar o álbum? Essa é uma pergunta complicada e sem uma resposta exata.

O álbum da Copa 2018 é composto por 682 figurinhas e custa, nas bancas, R$ 7,90. Cada pacotinho é vendido com 5 cromos e custa R$ 2.

Em uma conta simples, o colecionador gastará R$ 272,80 para comprar 136 pacotinhos. Se for a pessoa mais sortuda do mundo e não tirar um cromo repetido sequer, desembolsará, somando o preço do álbum, R$ 280,70 para ostentar sua coleção completa.

Como isso é praticamente impossível, o melhor é seguir algumas dicas simples para tentar rechear as páginas sem esvaziar demais o bolso. São elas:

  • Não compre todos os pacotinhos no mesmo lugar.
  • Controle, desde o início, quais cromos você já tem.
  • Aposte alto em eventos de troca, comuns em parques e shoppings na época da Copa.
  • Não se preocupe se tiver que trocar várias figurinhas por uma só. O importante é focar na que você não tem.
  • Peça ajuda da família. Tire cópias do papel em que controla os cromos faltantes e distribua aos familiares. Quanto mais gente ajudando, maior a chance de fechar o álbum gastando menos.