MULHERES
15/03/2018 11:49 -03 | Atualizado 15/03/2018 11:54 -03

'Hoje é só raiva e medo': As palavras de MC Carol sobre Marielle Franco e a violência contra mulheres negras

Em depoimento, MC Carol diz estar se sentindo "oprimida e fraca" com a notícia do assassinato de Marielle Franco, no Rio.

A vereadora Marielle Franco foi assassinada no Rio de Janeiro.
Divulgação
A vereadora Marielle Franco foi assassinada no Rio de Janeiro.

A vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) foi assassinada a tiros na última quarta-feira (14), no bairro do Estácio, região central do Rio de Janeiro. Ela voltava do evento "Jovens Negras Movendo as Estruturas". Além da vereadora, morreu o motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes.

A morte de Marielle foi amplamente lamentada nas redes sociais. Além do sentimento de dor e perda dos amigos, familiares e eleitores da vereadora, outro sentimento foi comum entre os relatos: o medo e a impotência frente à violência contra as mulheres negras no Brasil.

Em depoimento publicado em seu perfil do Instagram, a funkeira MC Carol, também carioca, descreveu estar se sentimento "oprimida e fraca" com a notícia da morte da vereadora.

De acordo com a cantora, Marielle era uma das pessoas que a incentivava a continuar produzindo o seu trabalho, além de a "encorajar a ser mais forte".

"Elas estiveram na minha casa, onde conversamos por horas, sobre meus medos, minhas dúvidas etc. Eu estava tão segura, tão esperançosa depois de conversar com elas. Hoje eu só sinto medo, eu sempre senti na verdade, por ser negra, por morar no morro, por andar a noite na rua, por ser mulher, por cantar funk", escreveu.

Estou buscando palavras, pq eu só sinto ódio, só sinto raiva e mt medo, realmente, eu nao sei o que falar, mas do que nunca eu estou me sentindo oprimida e fraca, eu tinha tantos planos esse ano... e agr eu só tenho lagrimas e pavor. Marielle e Taliria me encorajaram, a lutar, a ser mais forte, elas estiveram na minha casa, onde conversamos por horas, sobre meus medos, minhas dúvidas etc.. eu estava tao segura, tao esperançosa dps de conversar com elas, hoje eu só sinto medo, eu sempre senti na verdade, por ser negra, por morar no morro, por andar a noite na rua, por ser mulher, por cantar funk principalmente "Delação premiada", mas alguma coisa me dava força e esperança la no fundo, algo me dizia que eu tinha que fazer, que eu tinha que gritar e falar msm, que eu podia, mas hoje eu tenho certeza que nada te proteje independente de quem voce seja, se voce for negro e lutar pelos negros, vc sempre acaba EXECUTADO!!! 😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭

A post shared by MC Carol (@mccaroldeniteroioficial) on

De acordo com informações da polícia, bandidos emparelharam com o carro em que Marielle e o motorista estavam e dispararam contra as vítimas.

Os criminosos fugiram e foram encontradas 9 capsulas de balas no local. A principal linha de investigação é a de que o crime foi uma execução, de acordo com a Delegacia de Homicídios.